domingo, 31 de maio de 2009

PRECISO SER CLONADA

GENTEEEEEEEEEEEEEEEEE


Ainda no prego. Ow sufoco! PC quebrado, fim de semestre, gente me enchendo o saco, telefone quebrado e a oi não vem consertar há uma semana, relatórios, seminários, reuniões, escrever trabalhos, congresso, finalização de semestre e planejamento do próximo, e etc... etc.. etc.. além de gerenciar a vida pessoal que a essa altura do campeonato faz tempo que não dou notícia dela.
Mas eu escapo, tenho certeza.
Quando baixar a maré, volto numa boa.
Bom domingo para todos vcs.
ML

domingo, 24 de maio de 2009

El tiempo pasa






Alternância de poder


Por Cairo Arruda
(Membro da ACI )

Sempre defendi a alternância de poder em qualquer setor de atividade, principalmente naqueles que envolvem interesse e bem-estar da comunidade, seja pequena, média, grande ou mega.
No Brasil, infelizmente, a cultura que tem prevalecido ao longo de sua história republicana, é a da perpetuação no poder, tanto no campo privado ou público, e os exemplos estão ai a olho nú, dispensando maiores comentários de nossa parte.
Na América do Sul, politicamente, temos o caso de Hugo Chavez, Presidente da Venezuela, que fez de tudo, até conseguir (mesmo alterando a constituição do seu país, através de plebiscito) para se perpetuar à frente do governo.
Já se fala, inclusive, que na Colômbia, seguindo o modelo do colega venezuelano, o Presidente Uribe está indo na mesma direção.
Nos países, tidos como mais civilizados e democráticos, comumente, as alterações (por sinal, raríssimas) em suas constituições, só se verificam para atender necessidades reconhecidamente relevantes, isto é, de interesses maiores da nação.
Aqui, muitas delas, têm sido, para ratificar conveniências e atender causas pontuais dos governantes de plantão, revertendo em casuísmo, para facilitar o continuísmo de quem está no Governo.
Deu-se no tempo de Sarney, que ampliou seu mandato para 5 anos. Posteriormente, com FHC, que, a todo custo, fez modificar a Lei Magna, visando à implantação da reeleição de presidente, governadores e prefeitos.
Agora, sob a alegativa de que a Gestão Lula está ótima, querem modifica-la através de PEC, para que haja, até setembro próximo, um referendo popular para dar condição ( caso o povo aprove a proposta ) de ele disputar um 3º. mandato. Menos mal, porque sugerem que os brasileiros sejam ouvidos. Mas, mesmo assim, a coisa cheira a oportunismo.
Já outra linha de pensamento continuista defende a prorrogação de mandatos do presidente, governadores e parlamentares, por mais dois anos, para que haja coincidência de eleições em 2012, alegando economia de gastos para o erário, e que o eleitor já está cansado de votar de dois em dois anos.
Se é realmente por isso (cansaço do votante), por que não fazem a tão propalada reforma política, e nela incluindo um dispositivo tornando o voto facultativo?
Existem, salvo engano, ainda, vários artigos da Constituição Cidadã (denominação honrosa que o saudoso Ulisses Guimarães deu a nossa Carta Magna), que estão por ser regulamentados pelo Congresso Nacional, e seus membros “não têm tempo suficiente para faze-lo”.
Porém, para apresentar e apreciarem matérias de interesses próprios e/ou político- partidários, espaços não faltam.
Nossos parlamentares (com as devidas exceções) precisam pensar mais nesta Pátria, que necessita ser mais amada, do que nas suas conveniências político-partidárias, e na sede de poder!!!


E-mail.: cairomiri@yahoo.com.br
Em uma planície, viviam um Urubu e um Pavão. Certo dia, o Pavão refletiu:
-Sou a ave mais bonita do mundo animal, tenho uma plumagem colorida e exuberante, porém nem voar eu posso, de modo a mostrar minha beleza. Feliz é o Urubu que é livre para voar para onde o vento o levar.

O Urubu, por sua vez, também refletia no alto de uma árvore:
- Que infeliz ave sou eu, a mais feia de todo o reino animal e ainda tenho que voar e ser visto por todos, quem me dera ser belo e vistoso tal qual aquele Pavão.

Foi quando ambas as aves tiveram uma brilhante idéia em comum e se juntaram para discorrer sobre ela: cruzar seria ótimo para ambos, gerando um descendente que voasse como o Urubu e tivesse a graciosidade de um Pavão...

Então cruzaram... e daí nasceu o peru:
QUE É FEIO PRA CARAMBA E NÃO VOA!


Moral da história: Se a coisa está ruim, nem vem com gambiarra que piora.

Di novu!

Putz!!!!!!!!!!!!!!!
PC travandooooooooooooooooooooooo..........

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Cruz, credo!


IP: Raios em forma de bola -
um fenômeno natural ?

Recentemente um senhor conhecido por Gonçalves esteve na Rádio Vale do Salgado relatando um fato estranho que tem lhe causado curiosidade. Gonçalves disse avisar todas as noites desde de janeiro deste ano, uma bola de fogo dentro da mata nas proximidades de sua casa. Gonçalves reside no Sítio Várzea da Moça – Ipaumirim – Ceará que fica a um quilometro do balão de Lavras da Mangabeira em um terreno na propriedade de Paulo de Dino.
A nossa reportagem formada pelos Radialistas Paulo Sérgio de Carvalho e Valluz Nunes, foi a casa de Gonçalves na noite desta quarta-feira dia 21. Acompanhando a reportagem do Informativo 770, estavam o Vereador Ednardo Linhares e o Cantor Ivo Teles da dupla Ivo e Darly.
A equipe foi recebida pelo Senhor Gonçalves que já foi logo dizendo que a bola de fogo como assim ele denominou já havia aparecido uma vez. Quando estávamos montando o equipamento de filmagem, a dita bola de fogo voltou a aparecer e desta vez, foi avistada por todos, menos, pelo Radialista Paulo Sérgio de Carvalho que no momento da aparição se encontrava dentro da residência de Gonçalves na busca de uma tomada para ligar a Câmera de Filmagem levada pela equipe para registrar o fenômeno. O equipamento logo após a aparição que foi rápida, tipo dois três segundos, foi montado voltado para o local da aparição. Nossa equipe ficou algumas horas esperando uma nova aparição que não veio.
Voltamos no dia seguinte (Quinta-Feira /22-05-09). Nossa equipe foi fortalecida pela presença de Thesco Fotos, profissional da área de filmagens e fotos, onde foi levado ao local um equipamento melhor para registro dessa luz. Chegamos ao local por volta das cinco e meia da tarde e posicionamos todo o equipamento e ficamos aguardando. Para nossa surpresa, a luz ou bola de fogo como chamam os que por ali residem, apareceu em um outro lugar que por ser rápida sua aparição não deu tempo suficiente para que a filmadora e a máquina especial levada pudesse fazer o registro do possível fenômeno. Na companhia do dono da casa ficamos ali por mais algumas horas mais não conseguimos mais avistar o que foi visto anteontem e ontem pela nossa equipe.



Fonte: http://www.radiovaledosalgado.com.br/

De volta ao começo.......


JOCOSAS RECORDAÇÕES

Por CairoArruda
(membro da ACI)

Vez por outra, vêm à minha lembrança, fatos interessantes ocorridos comigo durante o periodo em que gerenciava a Farmácia Arruda, em Ipaumirim, trabalhando, inicialmente, ao lado do meu saudoso pai – Miguel Vasconcelos de Arruda, e depois, da saudosa sogra Joaninha Barbosa, e da própria esposa Mirian, que conciliava a atividade de professora com a de farmacêutica provisionada.
Naquela época, devido à grande carência de médico na cidade (apenas o Dr. Sebastião Barros de Almeida, pediatra, dava plantão semanal no Centro de Saúde do Estado, pois residia em Lavras da Mangabeira), o farmacêutico, mesmo prático, (como era o meu caso e do meu genitor), tinha que fazer, muitas vezes, o papel de esculápio, e curar os casos mais corriqueiros, que se lhe apresentavam no dia-a-dia.
Certa feita, a amiga Zefinha Batista, (sabedora que a sua mãe Antonia Batista (de saudosa memória)
tinha uma certa consideração a mim, estava hipertensa, e era fumante de cachimbo, e também, uma fervorosa devota de São Sebastião, pediu-me para aconselhá-la a abandonar o fumo. Como se tratava de uma pessoa um tanto rígida, e muito apegada ao vício do tabaco, tive que estudar uma maneira mais convincente, no sentido de convencê-la a deixá-lo. Então, depois de medir a sua pressão arterial, eu disse para ela: Dona Antonia, fiz uma promessa com São Sebastião para a senhora deixar de fumar. E, incontinenti, ela foi taxativa: “Tá bom, basta, quem fizer suas promessas que cumpra”. Resultado - fumou até a sua morte.
Outro evento, igualmente jocoso, foi de um cliente portador de feridas infectadas, nas pernas: após indicar-lhe os remédios, disse-lhe para evitar comer galinha, e ele perguntou-me: “mas, capão eu posso comer?” (capão é o frango de tamanho avantajado, castrado).
Eis uma outra jocosidade, vivenciada pelo Dr. Antocildo Barbosa Ribeiro (o popular Dr.Nino, ex-Diretor do Hospital-Maternidade Maria José dos Santos, de Ipaumirim, e ex-Prefeito de Umari): em receitando um garoto muito esperto, e como ele estava com alguma infecção no corpo, recomendou a sua genitora para o paciente não ingerir alimentos considerados, no linguajar interiorano, como reimosos. Como não houve melhora com o tratamento, o mesmo voltou ao Dr.Nino. Este, indagou-lhe: “você andou comendo coisa carregada, não foi?, recebendo como resposta: Doutor, eu não sou ladrão. Ladrão pode ser o senhor!
Mas, a despeito de hipertensão arterial, tomamos conhecimento através do Jornal O TEMPO, de BH, que acaba de ser descoberto um vírus muito comum, de nome citomegalovírus (CMV), por pesquisadores do Centro Médico Beth Israel Deaconess, nos Estados Unidos, que pode ser uma das causas da pressão alta, e cuja descoberta vem facilitar o diagnóstico e tratamento da doença, que, nas mais das vezes, o seu próprio portador, não sabe que dela sofre.
O avanço da ciência, principalmente no campo da medicina, está contribuindo fortemente para que o ser humano (seja brasileiro ou estrangeiro), mormente, os orientais, para aumentar a sua perspectiva de vida, desde que tenha os cuidados necessários, evitando o sedentarismo (caminhar ao ar livre regularmente, de acordo com a sua capacidade físico-cardíaca), o fumo e alcool, e, sobretudo, possuir autocontrole quanto à gula.
Somente assim, ele terá (como eu) condição, de muitas recordações contar, na sua long-life.

E-mail: cairomiri@yahoo.com.br
A foto é do blog Ipaumirim, de Cleidinha

sexta-feira, 15 de maio de 2009

AVISO

Meu computador está pifado e eu não tive tempo de mandar consertar. Na próxima semana, após quarta-feira, creio que terei tempo de cuidar disso. Pode ser que eu entre antes se conseguir alguém para consertar no domingo. Inté. ML

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Pequenos prazeres



Pois é. Nem me importo se fica parecendo publicidade. Hoje, depois de 38 anos morando em Recife, pela primeira vez, encontrei cajuína pra comprar. É dessa mesma que eu gosto e não daquelas artesanais metidas a besta que o povo tem mania de oferecer como se fosse a maravilha do mundo e que tem um gosto horrível. Indecifrável. Confesso que discretamente já derramei um copo inteiro num jarro de planta enquanto a minha anfitriã se derramava nos elogios ao preparo da famosa bebida.
Postei até uma música de Caetano Veloso para festejar minha descoberta.
Agora só falta achar pequi (seria piqui?) que eu só comia quando um aluno meu, de Barbalha, trazia de presente. Agora, ele está no Rio e eu estou carente de baião de dois com pequi (ou piqui?).

Cajuína

Cante

Cajuína - Caetano Veloso
Composição: Caetano Veloso
Existirmos: a que será que se destina?
Pois quando tu me deste a rosa pequenina
Vi que és um homem lindo e que se acaso a sina
Do menino infeliz não se nos ilumina
Tampouco turva-se a lágrima nordestina
Apenas a matéria vida era tão fina
E éramos olharmo-nos intacta retina
A cajuína cristalina em Teresina

Di novu?


A estrada localizada na entrada da cidade de Ipaumirim quase não existe mais. No lugar, muitos buracos e lama. Além do descaso, existem inúmeros animais soltos no meio das vias públicas, o que aumenta a chance de acidentes. Na guarita da entrada da cidade, não há policiamento, o que facilita a ação de bandidos. Na imagem, um caminhão que transportava confecções, deslizou e quase capotou após tentar desviar dos buracos na estrada. As tentativas de colocar o veículo em sua posição normal demoraram mais de três horas.

Todo ano é a mesma coisa. Ow karma! Chovendo ou fazendo sol, o recapeamento da entrada de Ip vive arrebentado. Eita asfaltinho ordinário! Faz num dia e quebra no outro. Depois ficam dizendo que foi a chuva. E quando não chove e a buraqueira é a mesma?
ML

"Anavan tur"

Cajazeiras se mobiliza para as festas juninas
No Ministério do Turismo, o prefeito de Cajazeiras conseguiu verba para a realização das festas juninas “Xamegão 2009” no montante de R$ 450 mil reais, sendo R$ 250 mil fruto de emenda do deputado federal Armando Abílio e R$ 200 mil do deputado Wilson Braga.
Nessa quarta-feira (06), o prefeito cajazeirense ao lado do deputado federal Wilson Santiago tenta liberação de recursos na FUNASA para substituição de casas de taipa no valor de R$ 700 mil reais. Tais recursos não foram liberados por falta da assinatura do ex-prefeito Carlos Antônio, no ato da celebração do convênio. Outra conquista do prefeito em Brasília foi a liberação de R$ 110 mil reais para revitalização da Praça Padre Cícero, uma emenda do deputado federal Luiz Couto (PT).
###
Pergunta: o que fazem por Ip os deputados que aqui recolhem votos na época das eleições?
ML

Bravo, Moraes!

Que jamais me faltem a franqueza e a coragem do deputado Sérgio Moraes (PTB-RS), autor da celebrada frase “Estou me lixando para a opinião pública”.
É por isso que saio em defesa dele: parabéns, Moraes! Enquanto a maioria dos seus colegas mente, maquia ou esconde o que pensa, você, não: diz o que pensa e depois vai tomar chimarrão em paz.
Descobriram que Heloísa Helena, presidente do PSOL e vereadora em Maceió, usou passagens do Senado para mandar o filho viajar. E que resposta deu Heloísa à pergunta se procedera bem ou mal?
“Não tentem me misturar com esses bandidos”, exigiu com raiva. “Estou em paz com a minha consciência”.
Fora a referência a bandidos, os demais senadores acusados de se beneficiarem de dinheiro público repetiram em coro o que disse Heloísa com a contundência que a caracteriza.
O que eles alegam? Que o costume avalizava a terceirização de passagens aéreas pagas com dinheiro público e reservadas só para eles voarem entre Brasília e seus Estados.
Assim, um requisitava passagens para viajar com a família ao exterior, outro mimava com passagens a amante quase sempre insatisfeita, e outro ainda doava passagens a artistas dispostos a se divertirem, embolsar uma grana e prestigiar o bem-feitor em festinhas promovidas por ele.
Ora, tenham dó. Às favas o costume se ele fere a lei!
É incoerente criticar os políticos quando mentem e também quando falam a verdade.
A política resgataria boa parte da credibilidade perdida se nossos representantes, e aqueles que nos governam, seguissem o exemplo de Moraes de falar a verdade pelo menos uma vez.
Ou mesmo o exemplo de Delúbio Soares, afastado do PT desde o escândalo do mensalão. Delúbio quer ser candidato a deputado. Precisa se filiar a um partido. Procurou o PT. Foi rejeitado. PT ingrato!
“Do que me acusam? Quantos são os políticos brasileiros que realizaram campanhas eleitorais sem que alguma soma, por menor que fosse, não tenha sido contabilizada?” – defendeu-se Delúbio durante reunião do Diretório Nacional do PT.
Foi tratado com respeito. Estava ali um homem que prestou relevante serviço ao seu partido. E que agiu com autorização expressa ou velada dos seus superiores.Delúbio não traiu a confiança do PT. Correspondeu a ela. Calou e aguentou o tranco sozinho.
Delúbio tem pinta de bronco. Moraes é mais refinado do que parece. Sabe distinguir, por exemplo, entre opinião pública e opinião publicada.
A primeira é difusa, volúvel, difícil de ser conferida - salvo em episódios que provocam reações unânimes. Por que o casal Nardoni está preso há mais de um ano à espera de julgamento? Porque a opinião pública o considera culpado pela morte da menina Isabella, jogada do sexto andar de um prédio em São Paulo. Há condenados pela Justiça flanando por aí.
Opinião publicada é... Bem, é tudo aquilo que nós, jornalistas, publicamos por achar certo ou imaginar que esteja em sintonia com a opinião pública.
Erramos com freqüência ao confundir uma coisa com a outra. Mas não erramos deliberadamente, nem por mal. Quando a escravidão foi abolida no país, a maioria da elite branca e racista da época era a favor de sua manutenção. Acertaram os que escreveram ou falaram na contramão da opinião pública. Dá-se o mesmo em relação à falta de ética na política.
O cidadão que malha os políticos em geral e, em particular, os que são a bola da vez, dirige a uma velocidade além do permitido e atravessa a rua fora da faixa de pedestre.
Se puder declarar que comprou um imóvel por menos do que de fato pagou por ele, declara para escapar do rigor do Fisco.
É o voto desse tipo de cidadão que elege os Moraes da vida – e o Congresso está repleto deles. É também o voto dos desinformados, dos que trocam o voto por favores e dos sem memória. Cuidado: você pode ser um deles.
Esses estão pouco se lixando para o que faça Moraes, Delúbio e aloprados de qualquer espécie.

Fonte: http://oglobo.globo.com/pais/noblat/

Verbas para os municípios


Por meio de editais públicos, Estados e municípios podem concorrer a uma seleção para participar do Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA). O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) disponibilizará, neste ano, o recurso total de R$ 30,7 milhões para novos convênios, sendo R$ 26,7 milhões para Prefeituras e R$ 4 milhões para Estados. Os interessados devem enviar suas propostas, conforme os editais nº 03/2009 (municípios) e nº 08/2009 (Estados), disponibilizados no site do Ministério: www.mds.gov.br/editais/san2009. Os projetos serão selecionados segundo critérios estabelecidos nos editais. Os recursos servirão para apoiar projetos de Compra Direta Local da Agricultura Familiar em municípios com equipamentos da Rede de Segurança Alimentar e Nutricional em funcionamento. Entre eles, restaurantes populares, cozinhas comunitárias e bancos de alimentos e feiras populares. Os R$ 26,7 milhões destinados a parcerias com municípios têm como meta atender a 53 novos parceiros, atingindo assim 7.628 agricultores. As áreas prioritárias são as capitais, regiões metropolitanas, cidades do Semiárido e dos Consórcios de Segurança Alimentar e Desenvolvimento Local e dos Territórios da Cidadania.

domingo, 10 de maio de 2009

Som do domingo: linda música cubana

O império contra-ataca

Achei uma analogia para a guerra política que vitima o país que me pareceu bastante adequada. Assistia eu a um dos filmes de ficção científica de que mais gosto, o primeiro episódio da eterna trilogia de George Lucas, Guerra nas Estrelas – no qual rebeldes atacam o império maligno capitaneado pelo sombrio Darth Vader –, quando a idéia me ocorreu.
Naquele primeiro episódio da trilogia, as naves dos rebeldes atacaram – e sobrepujaram – a Estrela da Morte, máquina de guerra praticamente inexpugnável construída em forma de... globo.
Preciso dizer mais? Sim, preciso. Então vamos lá.
O segundo episódio da trilogia, intitulado “O império contra-ataca”, narra tentativa do Império opressor de esmagar a rebelião libertária numa ação para a qual foram mobilizadas forças ainda mais esmagadoras do que no primeiro episódio.
A derrota que os rebelados contra a grande mídia impuseram ao Império midiático-reacionário foi em 2006, quando a “Estrela da Morte” global foi derrotada com a reeleição de Lula, e o contra-ataque esmagador, sem dúvida, será na eleição presidencial do ano que vem, para a qual está sendo montada a mais “mortífera” máquina de guerra política já vista neste país.
Esqueçam 2006, 2002, 1998, 1994 e 1989, anos eleitorais em que a mídia, com maior ou menor sucesso, lutou ferozmente para esmagar os rebelados contra a oligarquia reacionária que governou este país por 500 anos. 2010 será o ano em que serão mobilizadas forças jamais vistas a fim de que as elites retomem o controle do Estado, entregando-o a José Serra.
Não custa lembrar, sobretudo ao governo Lula e à fragmentada esquerda brasileira, as dimensões descomunais da máquina de guerra política que Dilma Rousseff e o presidente da República terão que enfrentar.

Vejam – e tremam:

Instituto de pesquisa Datafolha
Instituto de pesquisa Ibope
Jornal A Notícia (do leitor)
Jornal Agora São Paulo
Jornal Aqui (do leitor)
Jornal A Tribuna (do leitor)
Jornal Correio Brasiliense
Jornal Correio da Bahía (do leitor)
Jornal Correio da Manhã (do leitor)
Jornal Correio do Povo (do leitor)
Jornal Correio do Sergipe (do leitor)
Jornal Correio Popular (do leitor)
Jornal Cruzeiro do Sul (do leitor)
Jornal da Cidade (do leitor)
Jornal da Paraíba (do leitor)
Jornal Diário Catarinense (do leitor)
Jornal Diário da Manhã (do leitor)
Jornal Diário do Grande ABC (do leitor)
Jornal Diário de Pernambuco (do leitor)
Jornal Diário de São Paulo
Jornal da Tarde
Jornal do Commércio (do leitor)
Jornal Folha de Londrina (do leitor)
Jornal Folha de Pernambuco (do leitor)
Jornal Folha de São Paulo
Jornal Gazeta do Povo (do leitor)
Jornal O Estado de Minas (do leitor)
Jornal O Estado de São Paulo
Jornal O Estado do Paraná (do leitor)
Jornal O Globo
Jornal O Popular (do leitor)
Jornal O Tempo (BH) (do leitor)
Jornal O Tempo (Betim) (do leitor)
Jornal Super Notícias (do leitor)
Jornal Zero Hora
Portal internet G1
Portal internet IG
Portal internet UOL
Rádio Bandeirantes (do leitor)
Rádio CBN
Rádio Clube (do leitor)
Rádio Eldorado (do leitor)
Rádio Gaúcha (do leitor)
Rádio Itatiaia (do leitor)
Rádio Jornal (do leitor)
Rádio Jovem Pan (do leitor)
Rádio Pampa (do leitor)
Rádio Transamérica (do leitor)
Revista Época
Revista Exame (do leitor)
Revista IstoÉ
Revista Veja
TV Aparecida (do leitor)
TV Gazeta (do leitor)
TV Bandeirantes
TV Canção Nova (do leitor)
TV Cultura – SP
TV Globo - e afiliadas
TV - Rede TV! (do leitor)
TV - SBT
Calma, pessoal, bem sei que faltam veículos. Essa é apenas a parte mais evidente da artilharia que está sendo mobilizada para eleger Serra e para desmontar programas sociais e demais políticas públicas que vêm distribuindo renda e fazendo o país crescer e se desenvolver.
Deixo a vocês, pois, a prerrogativa de irem sugerindo nomes de tentáculos do PIG – os quais irei acrescentando à lista –, pois precisamos identificar as armas do Império que combateremos usando a “Força”, ou seja, a internet – e olhem lá...
Ajudaria, porém, se Lula e seu partido entendessem que, se não aproveitarem enquanto estão no governo para denunciarem à nação a máquina de guerra que se opõe a ela, se o Império eleger Darth Vader (vulgo Serra) será escrito um capítulo dessa guerra análoga que George Lucas jamais escreveu, o da vitória desse Império cruel sobre a cidadania.

Eduardo Guimarães
Angústia
-Salvador Dali -

Chegou o dia

(Danuza Leão)


Os que estão brigados com suas mães podem aproveitar para fazer as pazes, pois briga entre filhos e mãe é ótimo

HOJE É Dia das Mães, e ficou combinado que os filhos, além de comprarem um presente para suas progenitoras, devem levá-las para almoçar.

Jantar não vale: tem que ser almoço, por isso as filas dobram o quarteirão em volta dos restaurantes, sobretudo das churrascarias, para os que gostam de sofrer. Como nenhum filho ousa sugerir pedir uma pizza para comerem em casa, é a homenageada -a mãe- quem vai para a cozinha, depois de ter passado o sábado fazendo compras para fazer o prato preferido de seu querido filho. Isso é que é um Dia das Mães.

Mas e os que não têm mãe? Existem os que sofrem muito nesse dia, lembrando da mãe, e acho quase uma maldade dar tanto valor a essas datas quando penso nessas pessoas.

Elas ficam deprimidas, algumas choram, e não sabem o que fazer num dia como hoje. Mas se esquecem de que, enquanto ela era viva, quantas vezes poderiam ter ido vê-la e não foram, porque estavam com uma namorada nova, quantas vezes poderiam ter levado uns chocolates para ela -mãe adora chocolates- e não levaram, e no dia de hoje ficam amargando uma tristeza de dar dó. E há também as que estão em uma cidade distante, onde o filho não poderá ir, e tudo vai se resumir a um telefonema dizendo "Feliz Dia das Mães, mãe", e ponto final.

E aqueles que estão brigados com suas mães -ou você acha que isso não existe?- podem aproveitar para telefonar e fazer as pazes, pois briga entre filhos e mãe é ótimo. Eu, como mãe, tenho às vezes vontade de esganar os meus. Aí, passa, nem sei como, a gente esquece -esquece mesmo- e volta a adorá-los tanto quanto adorava antes. E melhor ainda: nunca se toca no assunto da briga, porque tudo já está mais do que esquecido.

Mãe é para se gostar todos os dias; não é preciso ter um dia especial para mostrar o amor que se sente por ela. E depois tem o Dia dos Pais e o das Crianças, e não sei como ainda não inventaram o Dia do Filho, acho que é porque esse não precisa.

Qual a mãe que não larga tudo que está fazendo para atender ao telefonema do filho e fazer tudo que ele pedir -sim, porque a maioria deles, quando liga, não é de saudades, mas para pedir alguma coisa, que a gente, aliás, faz correndo, feliz da vida.

Quem não tem mãe pode esquecer do assunto entrando num cinema para ver um musical às 3h da tarde, dando antes uma olhada nos restaurantes, feliz da vida de não estar lá dentro. Porque para festejar o Dia das Mães, os filhos adultos costumam levar também seus próprios filhos, e aí qualquer churrascaria vira a sucursal do inferno.

Mas se você é chegado a uma rebeldia, e tem uma mãe que te entende, proponha festejar o dia almoçando com ela amanhã; vocês poderão conversar em paz e, na saída, antes de levá-la em casa -pelo menos nesse dia você não vai botá-la num táxi, vai?-, passe por uma butique bacana e diga para ela escolher um presente. Quem sabe um biquíni?

Ela vai rir, dizer que não tem mais idade, você vai insistir, ela vai acabar escolhendo uma echarpe, toda feliz, e terão, os dois, escapado da famosa data.

sábado, 9 de maio de 2009


POEMA ENJOADINHO
Vinícius de Morais

Filhos...Filhos?

Melhor não tê-los!

Mas se não os temos

Como sabê-lo?

Se não os temos

Que de consulta

Quanto silêncio

Como o queremos!

Banho de mar

Diz que é um porrete...

Cônjuge voa

Transpõe o espaço

Engole água

Fica salgada

Se iodifica

Depois, que boa

Que morenaço

Que a esposa fica!

Resultado: filho.

E então começa

A aporrinhação:

Cocô está branco

Cocô está preto

Bebe amoníaco

Comeu botão.

Filho? Filhos

Melhor não tê-los

Noites de insônia

Cãs prematuras

Prantos convulsos

Meu Deus, salvai-o!

Filhos são o demo

Melhor não tê-los...

Mas se não os temos

Como sabê-los?

Como saber

Que macieza

Nos seus cabelos

Que cheiro morno

Na sua carne

Que gosto doce

Na sua boca!

Chupam gilete

Bebem xampu

Ateiam fogo

No quarteirão

Porém, que coisa

Que coisa louca

Que coisa linda

Que os filhos são!

Feliz dia das mães


Às mães que, contra ventos e marés, ultrapassam dificuldades de toda ordem para criarem seus filhos, que são firmes e educadoras nessa criação, que são exemplos de generosidade e abnegação ou que não geraram seus filhos, mas são mães de coração e espírito, damos nosso sincero parabéns.
Aos pais que aprenderam a ser mães.
Aos filhos que nos ensinam a difícil arte da maternidade.

Ensinamentos maternos


sexta-feira, 8 de maio de 2009



Juazeiro: conselhos locais de saúde nos bairros


A Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte está realizando reuniões nos diversos bairros da cidade com a finalidade de formar os Conselhos Locais de Saúde (CLS). Os conselhos terão caráter permanente, com funções de acompanhar, avaliar e indicar prioridades para as ações de saúde a serem executadas em suas áreas de abrangência, seguindo as diretrizes da Política de Saúde, em conformidade com a Lei Orgânica do Município. De acordo com o prefeito de Juazeiro do Norte, Dr. Santana, cada bairro terá a sua instância colegiada de participação popular regulamentada por lei. “Essa é mais uma proposta de nossa administração garantindo a participação popular. Democraticamente eleitos os conselheiros são representantes dos usuários do serviço de saúde pública e dos profissionais. As demandas das comunidades são debatidas e encaminhadas ao Conselho Municipal de Saúde que têm o caráter deliberativo” Por outro lado o Secretário de Saúde Giovanni Sampaio informa que já foram realizadas reuniões para formação de CLS’s nos bairros Frei Damião, Vila Real e Antonio Vieira. Ontem, dia 7 de maio foi a vez dos bairros Horto e São José. Amanhã, dia 8 a partir de 08h30min. nos bairros Triângulo, e Salesianos. Na segunda-feira, dia 11, a partir de 15:00h a segunda reunião, novamente nos bairros Triângulo e Salesianos. Na terça-feira, dia 12, a partir de 15:00h será no Jardim Gonzaga e Vila 3 Marias.

Fonte: http://tarsoaraujo.blogspot.com/

################


ASSEMBLÉIA SEDIA CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA E POLÍTICA PARA VEREADORES

Por: Luciano Augusto

Acontece no próximo sábado (9), no auditório Murilo Aguiar na Assembléia Legislativa do Estado, o I Curso de Capacitação Técnica e Política para vereadores. O evento é coordenado pela Escola de Formação de Governantes (EFG) e iniciativa do deputado estadual Dedé Teixeira (PT).
Direcionado a vereadores do PT e de outras agremiações, apoiadores do mandato e convidados especiais, o curso tem o objetivo de fornecer informações e conhecimentos capazes de contribuir para a qualificação do vereador no exercício de seu mandato.
“Queremos também sensibilizar esses parlamentares para a incorporação dos cidadãos de seus municípios no processo de discussão sobre seus papéis no processo de fortalecimento da ação pública, na construção de um desenvolvimento municipal que seja humano e sustentável”, afirma Dedé Teixeira.
As inscrições para o I Curso de Capacitação Técnica e Política para Vereadores podem ser feitas no gabinete do deputado Dedé Teixeira (nº 302) na Assembléia Legislativa (Fone: [85] 3277-2644), ou através do preenchimento de formulário na página do mandato (www.dedeteixeira.org.br).

Fonte: http://www.cearaagora.com.br/

####################

Cajazeiras: Mercado Central será transformado Shopping


Conforto, segurança e comodidade. Essas serão algumas das garantias que serão proporcionadas aos 47 pequenos empresários da área de calçados e confecções ligados à Associação dos Comerciantes do Mercado Central de Cajazeiras com a revitalização do mercado público da cidade.

A proposta foi lançada recentemente para os comerciantes pelo prefeito Léo Abreu (PSB), juntamente com a gerente do Serviço de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (Sebrae), Rosemir Mary Oliveira Silva, e o gerente do Banco do Nordeste, Alexandre Ramari, durante uma reunião na Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL) da localidade.

Nesta terça-feira(07) aconteceu uma nova reunião entre os comerciantes e os propositores do projeto, para definirem finalmente a revitalização do mercado, que inclusive, já possui um pré-projeto arquitetônico.

Durante o lançamento da proposta, o prefeito de Cajazeiras se comprometeu em doar o imóvel aos comerciantes, localizado no centro comercial da cidade, onde eles mesmos já atuam hoje de maneira precária comercializando suas mercadorias, para execução do projeto de revitalização.

O gerente do Banco do Nordeste na cidade apresentou as linhas de crédito da instituição financeira, através das quais eles poderão fazer o financiamento individual no valor de até R$ 50 mil para o custeio da obra. Já a gerente do Sebrae local ofereceu apoio nas áreas de consultoria técnica e de gestão aos comerciantes.

Na ocasião, também foi apresentado um pré-projeto arquitetônico do local, por uma equipe de engenheiros e arquitetos de uma empresa do estado vizinho do Ceará, que possuiu grande experiência em revitalização de mercados públicos.

“Além da construção dos 47 boxes, o projeto prevê a construção de uma praça da alimentação que também funcionará como praça de eventos, para realização de desfiles, campanhas promocionais, etc., realizadas pelos comerciantes do mercado, que atrairá um bom público ao local, e com isso, aquecerá também as vendas”, destacou o prefeito de Léo Abreu.

A gerente do Sebrae, Rosemir Oliveira, enfatizou ainda que o Sebrae também estará engajado nesse projeto com uma proposta de organização e de capacitação dos comerciantes. “O intuito da nossa parceria é oferecer uma dinamização tanto na parte de gestão quanto na de negociação a todos atuantes desse espaço a ser revitalizado, a fim de que, com conforto, segurança, comodidade e um bom atendimento, eles possam atrair e fidelizar cada vez mais clientes nesse espaço público comercial”, disse Rosemir.

Da Redação do Diário do Sertão

Fonte: http://diariodosertao.com.br/

#############

CGU - PORTAL DA TRANSPARÊNCIA JÁ EXPÕE

R$ 5,.5 TRI DO ORÇAMENTO DA UNIÃO


"O Portal da Transparência já expõe ao controle social R$ 5,477 trilhões em recursos do orçamento público federal, dispostos em mais de 782 milhões de unidades de informações registradas. A informação é da Controladoria-Geral da União, responsável pela criação e administração do Portal na internet ( www.portaldatransparencia.gov.br). Essas informações dizem respeito a 5.409 ações de governo, decorrentes de 536 programas oficiais. Entre os beneficiários dos pagamentos estão 20,1 milhões de pessoas físicas, incluindo os programas sociais, como o Bolsa Família, por exemplo. Várias vezes premiado, inclusive pelas Nações Unidas, o Portal da Transparência brasileiro é hoje referência internacional. Ele foi lançado em novembro de 2004 para facilitar o controle social dos gastos públicos e hoje é um dos mais completos sítios do gênero existentes no mundo. O Portal permite a qualquer cidadão, sem a necessidade de senha, acompanhar a execução orçamentária dos programas e ações do Governo Federal.

Aprimoramentos

Desde a sua criação, o Portal vem passando por sucessivas reformulações e aprimoramentos, visando tornar cada vez mais simples e rápida a consulta por parte do cidadão. Recentemente, foram incluídas novas possibilidades de consulta, como as que permitem obter informações sobre recursos federais repassados a entidades sem fins lucrativos e ao exterior. Outra novidade recente é que a consulta aos gastos efetuados com o Cartão de Pagamento do Governo Federal (CPGF) já pode ser feita a partir do nome do portador, sem que seja preciso saber o órgão em que ele trabalha. Antes, para iniciar a consulta aos gastos com o CPGF era preciso escolher um determinado ministério e restringir o foco até chegar à listagem dos servidores de um determinado setor que utilizaram os cartões no período consultado.

A nova configuração do Portal da Transparência também facilita a análise dos gastos realizados. Agora, os dados podem ser extraídos do Portal em planilhas e reagrupados conforme a vontade do usuário para eventuais comparações. Outra pesquisa que também já pode ser feita no Portal diz respeito às empresas proibidas de contratar com o poder público. Há dois meses, foi criado o Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Sancionadas (Ceis) , que informa a data da sanção – suspensão ou declaração de inidoneidade –, o período de vigência da punição e o órgão ou entidade da administração pública, nas esferas federal, estadual ou municipal, que a aplicou."

Fonte: http://www.cgu.gov.br/

quinta-feira, 7 de maio de 2009


Apoio e Fomento ao
Patrimônio Cultural Imaterial
Ministério da Cultura / Iphan

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lançou o Edital do Programa Nacional do Patrimônio Imaterial 2009: Apoio e Fomento ao Patrimônio Cultural Imaterial. De 4 de maio a 19 de junho, as Superintendências do Iphan em todo o país estarão recebendo projetos técnicos de documentação ou de melhoria das condições de sustentabilidade dos saberes, modos de expressão, festas, rituais, celebrações, lugares e espaços que abrigam práticas culturais coletivas vinculadas às tradições das comunidades afro-brasileiras, indígenas, ciganas e de descendentes de imigrantes, entre outras. Os recursos disponíveis para os projetos contemplados no edital são da ordem de R$ 735 mil.

Mais informações:

http://portal.iphan.gov.br/portal/

ou:

Gerência de Apoio e Fomento/Departamento do Patrimônio Imaterial/Iphan

Fone: (61) 3414-6138 / 6195 / 6135 / 6137

Uma revolução na transparência pública


Na semana passada escrevi uma série de artigos mostrando que a revolução digital, os bancos de dados públicos, os Blogs e a Internet. Com a digitalização, cada vez mais os atos públicos estarão disponíveis na Internet, permitindo o acompanhamento dos atos dos diversos governos.
Ontem, aniversário da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), passou na Câmara um projeto de lei, já votado no Senado, em 12 de novembro de 2004, que significará a maior revolução na transparência pública desde o advento da LRF.
***
O projeto altera a lei Complementar no. 101, de 4 de maior de 2000 - que criou a LRF - e determina a disponibilização, em tempo real, “de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios”.
***
O projeto determina o incentivo à “participação popular e realização de audiências públicas, durante os processos de elaboração e discussão dos planos, lei de diretrizes orçamentárias e orçamentos”.
Consolida o entendimento da implantação de um sistema integrado de administração financeira e controle, seguindo um padrão mínimo de qualidade definido pelo Executivo federal.
***
Define também os dados que deverão ficar disponíveis.
Em relação às despesas: todos os atos praticados pelas unidades gestoras no decorrer da execução da despesa, no momento de sua realização, com a disponibilização mínima dos dados referentes ao número do correspondente processo, ao bem fornecido ou ao serviço prestado, à pessoa física ou jurídica beneficiária do pagamento e, quando for o caso, ao procedimento licitatório realizado.
Em relação às receitas: o lançamento e o recebimento de toda a receita das unidades gestoras, inclusive referente a recursos extraordinários.
***
Mais, segundo o projeto “qualquer cidadão, partido político, associação ou sindicato é parte legítima para denunciar ao respectivo Tribunal de Contas e ao órgão competente do Ministério Público o descumprimento das prescrições estabelecidas nesta Lei Complementar”.
***
Finalmente, define os prazos para a implantação do sistema.
Um ano para a União, Estados, Distrito Federal e Municípios com mais de 100 mil habitantes. Dois anos para Municípios entre 50 mil e 100 mil habitantes. Quatro anos para Municípios com até 50 mil habitantes.
O prazo começará a contar a partir da data de publicação da lei complementar.
***
Todos os sistemas seguirão o padrão do SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal). Esse sistema foi desenvolvido em janeiro de 1987 pela Secretaria do Tesouro Nacional e pelo Serpro (Serviço de Processamento de Dados do governo federal).
O sistema permitiu ao governo ter uma conta única que registra todas as saídas de dinheiro, o registro da operação e do servidor público que liberou.
O sistema obriga ao cadastramento de todos os fornecedores, relação de contas a pagar e a receber, registro de convênios, de operações de crédito.
Aprovada a lei, haverá um salto sem paralelo na transparência pública em todos os níveis.

Fonte: http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/05/07/

Embora o projeto de lei estabeleça prazos para implantação do sistema, faz diferença o município que não esperar os prazos para apresentar as contas. Quatro anos para municípios com menos de 50 mil habitantes é demais. Bota transposição do rio São Francisco, programas emergenciai, calamidades etc. e etc. Some com o que sempre aparece por conta das eleições (no caso, 2010) que dá uma dinheirama e tanto. Quem tem disposição de entrar no SIAFI, fica estarrecido com a quantidade de convênios apresentados desde a década de 90 cujos resultados não se vê na vida real. É a ficção política das contas públicas. Haja Brasil. Haja dinheiro e haja besta pra pagar imposto sem saber onde foi parar o seu pobre e suado dinheirinho.
ML

quarta-feira, 6 de maio de 2009

IP bonito pra chover

Foto de Luciano Catarina

Owwwww coisa boa, o ventinho antes da chuva e o cheiro de terra molhada.

De interesse público

Ficha limpa e documentada

Prestará bom serviço à coletividade o deputado estadual que se espelhar em iniciativa do tucano paulista Fernando Capez e tentar adaptar para a realidade local proposta que obriga empresas que têm concessão de serviços públicos, como os de água, energia e telefone, a expedir anualmente certidão de quitação de débitos anteriores. A ideia é essa: no mês de janeiro, junto com a conta, o usuário que estiver em dia receberá também uma certidão informando não haver dívida. Segundo Fernando Capez, essa medida simples diminui a burocracia a favor do consumidor que não precisará ´guardar um monte de boletos com medo de ser cobrado no futuro´. E mais: ´Essa exigência não trará qualquer ônus às concessionárias e empresas prestadoras de serviços públicos, pois o recibo de quitação poderá ser concedido através do primeiro boleto de cobrança do ano seguinte´.
Tempero
Para que se deixe tudo devidamente esclarecido sobre a lei da certidão de débitos inexistentes, é importante observar que as concessionárias estão submetidas ao risco de punições pesadas. O descumprimento pode resultar em multa de 10 mil unidades fiscais do Estado de São Paulo, o que representa hoje R$ 158,5 mil. Os demais parlamentares concordaram e aprovaram a proposta que seguiu para sanção - ou veto, sabe-se lá - do governador José Serra.
Caiu na rede
Havendo interessados, o projeto de Fernando Capez está neste endereço na Internet, inserido no portal da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo: http://webspl1.al.sp.gov.br/internet/download? oFileIfs=11099365&/propositura_Projetodelei_778166.doc´.
Taí, gostei! Essas concessionárias estão sempre de bola cheia. Fazem o que querem e as agências reguladoras não estão nem aí. Depois que privatizaram até porque a maioria ficou ciscando no terreiro da mídia exigindo privatização, os serviços ficaram mais caros e piores. Por falar em SP, depois da proibição do telemarketing por lá, por aqui também eles diminuiram bastante. Quer fazer propaganda? Vai pra mídia. É um terror como as agências reguladoras permitem que as concessionárias pintem e bordem com o usuário.

CÂMARA APROVA E VAI À SANÇÃO PROJETO SOBRE TRANSPARÊNCIA DE GASTOS PÚBLICOS


(Por Luciano Augusto)


A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem (5) projeto de lei que prevê mais transparência para os gastos públicos. A proposta determina a liberação de informações sobre a execução de despesas e receitas dos governos federal, estaduais e municipais, em tempo real, nos meios eletrônicos de acesso ao público.
O projeto de lei complementar do Senado foi aprovado por 389 votos. Como não foi alterado pelos deputados, ele segue à sanção presidencial. A proposta estabelece que as informações sobre despesas e receitas sejam detalhadas e de livre acesso a pessoas físicas e jurídicas.
No caso das despesas efetuadas por entes federados, devem ser divulgados os atos praticados durante a sua execução, tais como o bem fornecido ou serviço prestado, o beneficário do pagamento e a licitação, entre outros. Em relação às receitas, o projeto determina que seja lançado, em meio eletrônico, os dados constantes dos lançamentos e do recebimento das receitas dos governos.
A proposta aprovada pelos deputados inclui a obrigatoriedade dos municípios, dos estados e do Distrito Federal de adotaremum sitema integrado de administração financeira e controle, para atender os padrões do governo federal e as exigências do projeto.
A União, os estados e os municípios, pelo projeto, terão um prazo para se adequarem às novas normas de transparência exigidas pela proposta, que se sancioanda pelo presidente da República se transformará em lei.
Agência Brasil


Baixio e Umari na lista dos municipios elegíveis. Ipaumirim não.


Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) investirá R$ 5 milhões em projetos desenvolvidos pelas administrações municipais
Bruno Spada /MDS

As cisternas são destinadas à população rural de baixa renda que sofre com os efeitos das secas prolongadas
O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) tem como meta atender 20 mil pessoas residentes da zona rural de Municípios que integram o Semiárido oficial brasileiro classificados como de alta vulnerabilidade. O edital público de Cisternas, divulgado no último dia 15, prevê convênio com Prefeituras para apoiar a construção de tanques para armazenamento de água da chuva.A meta é construir 4 mil unidades com recursos da ordem de R$ 5 milhões. Os Municípios têm até o dia 18 de maio para enviar os projetos, conforme critérios estabelecidos no Edital MDS/SESAN n.º 01/2009 disponibilizado no site do Ministério: www.mds.gov.br/editais. A lista de Municípios elegíveis a participar do edital público encontra-se no anexo II.

No total, os investimentos em construção de cisternas para 2009 somam R$55 milhões. As cisternas são construídas com placas de cimento que captam e armazenam a água da chuva. São destinadas à população rural de baixa renda que sofre com os efeitos das secas prolongadas, quando o acesso à água – cuja qualidade é baixa ou baixíssima – normalmente só é possível em barreiros, açudes e poços que ficam a grandes distâncias.

São construídas com a utilização de mão-de-obra local e grande mobilização comunitária. As famílias beneficiárias participam de um curso de capacitação em gerenciamento de recursos hídricos (GRH), onde são trabalhados conteúdos como técnicas de utilização e manutenção da cisterna, métodos de uso racional da água, noções básicas de higiene pessoal e cidadania e conservação do meio ambiente, sempre focando a convivência com as adversidades do local.

A cisterna de placa de cimento tem capacidade para armazenar 16 mil litros. Essa quantidade permite que uma família de cinco pessoas tenha água para beber, cozinhar e escovar os dentes durante o período de seca, que chega a durar até oito meses ao ano. As famílias beneficiadas devem estar inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

O Programa de Cisternas, que conta com recursos financeiros do Ministério desde 2003, já foi responsável pela construção de 226 mil unidades em 1.125 Municípios, beneficiando 1,1 milhão de pessoas.

Neste ano, por meio de editais públicos ou convênios, o MDS investirá R$ 703.964.942,00 em projetos de segurança alimentar e nutricional. Os recursos serão repassados pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SESAN) a Municípios, Estados que aderiram ao Compromisso Nacional pelo Desenvolvimento Social e cooperação e parcerias em todo o País.

As ações vão atender diretamente produtores de alimentos, agricultores familiares e consumidores da cidade e do campo, em especial famílias pobres beneficiárias das políticas de desenvolvimento social, como o Bolsa Família e programas de assistência social.

Adriana Scorza

terça-feira, 5 de maio de 2009

De Fernando Pessoa



“Nossa Senhora
Das coisas impossíveis que procuramos em vão,
Dos sonhos que vêm ter conosco ao crepúsculo, à janela,
Dos propósitos que nos acariciam
Nos grandes terraços dos hotéis cosmopolitas
Ao som europeu das musicas e das vozes longe e perto,
E que doem por sabermos que nunca os realizaremos......
Vem, e embala-nos
Vem e afaga-nos,
Beija-nos silenciosamente na fronte,
Tão levemente na fronte que não saibamos que nos beijam
Senão por uma diferença na alma.
E um vago soluço partindo melodiosamente
Do antiqüíssimo de nós
Onde têm raiz todas essas árvores de maravilha
Cujos frutos são os sonhos que afagamos e amamos
Porque os sabemos fora de relação com o que há na vida.”
Esposa de detento denuncia que na Cadeia Pública de Cajazeiras presos estão pagando 10 reais para transar com presidiárias.


A denúncia ocorreu no programa Boca Quente da Rádio Difusora de Cajazeiras, apresentado pelos radialistas, Abrantes Jr e Wilson Furtado, na tarde de terça feira, 05 de maio, quando a esposa de um detento por nome de Maria Alves Silva em uma participação por telefone acusava carcereiros de permitir pernoites entre presidiários e presidiárias, os presidiários mantinham relações sexuais com as presas e chegavam a pagar a quantia de R$ 10,00 ( Dez Reais) para praticarem o ato.
O diretor da Cadeia, Chiquim de Moisés veio ao vivo no Programa Boca Quente e negou toda a denúncia e que na sua administração o trunfo é pau e que isso não passa de uma armação para tentar prejudicar sua administração a frente daquele presídio, Chiquinho prometeu entrar com uma ação contra a senhora Maria Alves para que ela possa provar o que a mesma denunciou.

Alimentando a polêmica



Há uma enorme incompreensão que ainda remanesce em relação ao Bolsa Família.

A maior delas é em torno de uma dicotomia inexistentes: em vez de dar esmola o Estado deveria dar emprego.
Primeiro, não são políticas excludentes. Dá-se a base de sustentação mínima e oferece-se emprego.
Segundo, políticas de desenvolvimento - e de aumento de emprego - são inócuas sobre a base da pirâmide, se não vier acompanhadas de políticas de inclusão.
Numa ponta, tem-se a questão regional, os bolsões de pobreza. Essas regiões não se desenvolvem porque não tem consumo; não tendo consumo não atraem empresas; não atraindo empresas, não geram empregos.
Esse círculo vicioso está sendo rompido nas regiões mais pobres graças ao Bolsa Família e à Previdência Social. Criaram-se as bases para um consumo popular que estimulou empresas a investirem no atendimento à nova demanda. Em muitos lugares, o passo seguinte já foi dado, de instalação de empresas para atender à região.
Os valores da Bolsa e da aposentadoria são irrisórios mas permitiram uma estabilidade de ganhos. O que caracteriza a renda dos muito pobres, além do pequeno valor, é a inconstância do recebimento. Como não estão no mercado formal, dependem de bicos. Essa instanilidade impedia qualquer forma de comprometimento de renda com crédito. A Bolsa Família e a melhora nos benefícios da Previdência forneceram esse colchão mínimo. Com isso, a baixa renda pode ir às compras - a maior parte dos gastos, aliás, em alimentos e produtos de limpeza, mas parte em bens de consumo durável.
O segundo ponto é a inclusão dos miseráveis no mercado de trabalho. Também aí há uma incompreensão do que seja a miséria absoluta. E reflete a visão preconceituosa de que a miséria é fruto da vagabundagem.
A miséria absoluta é uma questão cultural. O sujeito vive na miséria porque aprendeu a viver apenas na miséria. Não tem noção do que seja sair da miséria. Aceita a condição como se fosse uma inevitabilidade.
O Bolsa investe em portas de saída do programa. A parceria com a CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) mostra isso. Mas não se esperem resultados auspiciosos com os miseráveis. O máximo que se conseguirá, apertando as condicionalidades de colocar os filhos na escola, será salvar dessa tragédia a geração dos filhos.
Portanto espere-se da Bolsa Família o que ela pode dar: impedir a fome (só isso já seria suficiente para legitima-la); impedir a desagregação familiar; estimular a matrícula das crianças na escola.
A consolidação final do Bolsa Família será transformá-la em um ativo do Estado, do atual estágio da civilização brasileira e não um feito pessoal do governo Lula. Caso contrário, se entrar outro partido no poder, a tentação será “refundar” o Brasil. Essa é a verdadeira tragédia brasileira, praticada por todos os partidos independentemente de escolaridade.

INTERESSE PÚBLICO




Crianças e adultos portadores de lábios leporinos e fendas palatais poderão ser operados gratuitamente. Uma equipe de médicos estrangeiros e especialista, estará aqui, na Região do Cariri, entre os dias 25 e 29 de maio, para realizar procedimentos clínicos nos portadores. A campanha será realizada no Hospital São Vicente de Paulo. A equipe de profissionais é formada por médicos especializados, odontólogos, ortodontistas, psicólogos, anestesistas e nutricionistas. No Cariri, o trabalho de seleção dos pacientes está sob a coordenação do odontólogo, Romildo Bringel pelo telefone 3532 7100. Ele avisa que só pode receber a cirurgia, o paciente que passar primeiro por uma avaliação mádica. Serão solicitados exames como sumário de urina, sangue, raios-X e eletrocardiograma. A Operação Sorriso, como é mais conhecida a campanha, começou há 25 anos nos Estados Unidos e há 10 anos, chegou ao Brasil e no Cariri. Este ano, a equipe chega na madrugada do dia 25, e as cirurgias começarão na tarde do mesmo dia.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Poluição Sonora é contravenção


54 mil denúncias na PM por perturbação do sossego
Queixas mobilizaram a Polícia para deflagrar a "Operação Silêncio"


Mara Rodrigues
Especial para O Estado

Em um ano, a Polícia Militar contabilizou 54 mil denúncias por perturbação do sossego alheio, de acordo com o secretario executivo da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPSD) Joel Brasil. São ocorrências dos aparelhos de som em elevado volume em casas, ruas e bares e que incomoda a população gerando conflitos.
Segundo ele, depois que a secretaria percebeu o grande número de ocorrências, determinou que fosse deflagrada a “Operação Silêncio”, oficializada na última semana e que começou efetivamente durante o fim de semana. “Monitoramos os lugares onde a incidência dessa contravenção se apresentava em maior escala”. “Só o Ronda do Quarteirão registrou nos primeiros quatro meses do ano passado um aumento considerável em relação ao mesmo período desse ano”.
Conforme os dados, foram 18,9 mil ocorrências do Ronda nos primeiros quatro meses de 2008 contra 22,3 mil no quadrimestre de 2009. O coronel Brasil contou que os bairros onde a Polícia é chamada com mais frequência por conta de barulho alto são: Meireles, Varjota, Aldeota, Bom Jardim e Cambeba. Em Maracanaú também são registradas muitas ocorrência de desrespeito à Lei do Silêncio.
A Operação “Silêncio”, conta com cerca de 30 policiais militares e ainda com o apoio da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Perícia Forense, Ministério Público, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbano (Semam), Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC).
O titular da pasta da secretaria Roberto Monteiro revelou que as pessoas têm chamado constantemente a Polícia através do 190 e ouvidoria para atender esse tipo de ocorrência. “A contravenção gera manifestações e protestos por parte da população e a operação veio para esclarecer que é uma forma de desrespeito contra as pessoas e esclarecer, não só realizando procedimentos policiais contra quem desrespeitar a Lei, mas também uma maneira de educar, distribuir materiais”, revelou.
Para Roberto Monteiro, o som alto gera vários transtornos a saúde, principalmente a psíquica, já que várias brigas são desencadeadas por som alto. “Incomoda tanto as crianças que não conseguem dormir como idosos que estão doentes em casa”. O secretário contou ainda que são registrados em média 20 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) de desrespeito à Lei do Silêncio durante o final de semana, mas que poucos resultam em inquérito policial.
No último final de semana, mais uma ocorrência. Na avenida Osório de Paiva, bairro Canindezinho, policiais foram chamados para acabar com o som alto de um veículo. O proprietário do carro é José Eranilton Marques da Silva, preso por perturbação do sossego alheio e desacato. Ele foi conduzido ao 12o DP.

Lei das Contravenções Penais:

Perturbação do trabalho ou sossego alheio
Art. 42 - Perturbar alguém, o trabalho ou o sossego alheios:
I - com gritaria ou algazarra;
II - exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;
III - abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;
IV - provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem guarda:
Pena - prisão simples, de 15 (quinze) dias a 3 (três) meses, ou multa.
Sem lei nem rei
Falando no assunto, quem disciplina mesmo a poluição sonora em IP ? Aqueles equipamentos de som que ligam no volume máximo na Praça São Sebastião sem hora para começar nem para terminar é uma agressão aos tímpanos. Eu não diria que é um desafio às autoridades porque nunca as vi se pronunciarem sobre o assunto. Onde ninguém manda, manda quem quer e chegar primeiro. Claro que os jovens precisam de espaço para brincar e se divertir mas sem disciplina penaliza toda a comunidade em função de uma minoria. Inúmeras vezes, eu já vi pessoas diferentes ligarem o som dos seus carros ao mesmo tempo. Uma disputa de decibéis que faz mal aos tímpanos de todos. Principalmente das crianças e dos idosos que moram perto. Como sou otimista e acredito nos jovens, suponho que mais do que conscientização para os problemas da poluição sonora, eles não tiveram - nem em casa nem na escola - informações sobre o assunto. Há muito tempo atrás, os pais e as escolas não tinham consciencia do conceito e dos males da poluição mas a grande maioria tinha noções de civilidade. É uma pena que isto se perdeu e nada ficou no lugar.
ML

domingo, 3 de maio de 2009

Som do domingo: Fabiana Cozza

DOMINGO MEMORIOSO: Oswaldo Ademar Barbosa - VIII parte


As fotos do arquivo particular de Oswaldo Ademar Barbosa foram doadas pelo seu filho, Chiquinho de Ademar, para Anchieta Nery. Gentilmente, Anchieta cedeu-nos parte deste arquivo composto por inúmeras fotos para publicação no blog. Como estávamos em plena festa de São Sebastião, ele localizou cerca de 200 fotos mas ficou de me ceder outras tão logo tenha tempo de procurá-las. Muitas já não podem sequer se recuperar pois estão totalmente destruídas pelo tempo e pela conservação inadequada. Agradecemos a Dr. José Nery (Anchieta) a sensibilidade de colocar à disposição de todos seu arquivo particular através de nosso blog.Vamos postá-las todos os domingos no segmento Domingo Memorioso. Cada foto é uma postagem diferente e tem um número de identificação. Você pode nos ajudar postando sua informação diretamente nos comentários das fotos ou enviar para nosso e-mail fazendo referencia ao no. da foto.
Agradecemos desde já a colaboração de todos. Se você quiser enviar fotos do seu arquivo particular que ajudem a compor a memória iconográfica do nosso município, ficaremos imensamente agradecidos.

Foto 191

(clique na imagem para ampliar)

Ademar Barbosa na porta do terraço
da casa de Cícero Fernandes de Souza

Foto 192

(clique na foto para ampliar)

Evento: Comício
Local: casa de Ademar Barbosa
Data:
Identificação das pessoas:
Ademar Barbosa.

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 193

(clique na foto para ampliar)

Evento:
(mesmo evento da foto 199)
Local:
Data:
Identificação das pessoas: Ademar Barbosa entre crianças: Didiu Alves (de Afonso), filho de Antonio Carvalho, Auxiliadora Souza (de Nilce), Fátima Sobreira, Liduína Farias, Marta Farias, Rubenilde Sobreira.
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 194

(clique na foto para ampliar)
Evento:
Local:
Antiga praça do Posto, atualmente Praça Oswaldo Ademar Barbosa
Data:
Identificação das pessoas:

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 195

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local:
Data:
Identificação das pessoas:
Ademar Barbosa, Eduardo, Januário Feitosa, Argemiro Felizardo

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 196

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
(mesmo evento da foto 197)
Local: casa de Ademar Barbosa
Data:
Identificação das pessoas: Ademar Barbosa, Mousinho, Fransicquinho Oliveira (de Neusinha)
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 197

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local:
casa de Ademar Barbosa
Data:
Identificação das pessoas: Antonio Carvalho, Mousinho ..., Ademar Barbosa, francisquinho Oliveira (de Neuzinha)

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 198

(clique na foto para ampliar)



Evento: Comício
Local: Casa de Ademar Barbosa
Data:
Identificação das pessoas:
Bim Arruda (?)

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 199

(clique na imagem para ampliar)


Evento:
Local:
Data:

Identificação das pessoas: Ademar Barbosa entre crianças e jovens: Geraldo Ribeiro, Gerusa Batista, Fátima Sobreira, Marta Farias, Zenite Melquíades, Joana Bosca Batista, João ( de Tonha, irmão de Lóia), Neco (de Severino Dudu) ?, filho de Raimundo Melquíades,
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.brrs:

Foto 200

(clique na imagem para ampliar)


Evento:
Local:
Data:
Identificação das crianças: Paulo (de Zé Fernandes), filho de Antonio Carvalho, Didiu Alves (de Afonso), outro filho de Zé Fernandes, Pedrinho Ribeiro, Neumarion Pessoa, Dilma Alves (de Afonso), Zenith Melquíades, Jair Souza (de Zé Henrique), Francisquinho Oliveira (de Neuzinha),

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br