quarta-feira, 29 de abril de 2009

sábado, 25 de abril de 2009

Chuvas fortes adiam partidas do 8° Intermaster da Ligaffi


As fortes chuvas atingiram também os jogos de futebol. O Intermunicipal teve três jogos deste sábado (25) adiados. Dois deles são do Grupo "A": O jogo entre Orós x Cedro foi adiado a pedido da seleção oroense junto à Ligaffi, visto que o jogo seria realizado em Orós. A nova data será divulgada posteriormente.
O Jogo entre Ipaumirim x Icó também foi suspenso, por conta das chuvas. A seleção de Ipaumirim enviou um ofício e a direção da Ligaffi aceitou o pedido. O jogo será realizado em data futura.
Ainda de acordo com a Ligaffi, por meio de seu site oficial "Tá na Área", a partida entre Choró x Ibaretama foi adiada. O motivo da não realização da partida foi por conta das fortes chuvas que fez a cidade de Choró ficar ilhada, por conta do arrombamento de um açude.

No blog de Aurora

José Cícero

Há muitos anos, ainda nos idos de 1985, século passado, outro milênio... Tive um grande amigo, poeta tímido, tanto quanto eu – calado, introspectivo. Razoável domínio do vernáculo, quase um espert idiomático. Mostrou-me seus poemas hai-kai, 'dísticos', cordéis, sonetos...
Disse-lhe que tinha jeito para poeta. Ele aquiesceu num sorriso raro e cabisbaixo.
Trejeito impávido, sisudo, míope da vista, óculos fundo de litro...
Inteligente via muito além das lentes. Era um exímio construtor do estro.
Por intermédio da literatura, discutíamos a rotina da vida, a monotonia do colégio e as coisas do mundo.
Era como se diante dos livros nos fizéssemos gigantes. Titãs poemáticos que escolheram a literatura como um caminho. Mostrei-lhe meu opúsculo na época, ainda em rabisco.
Ele admirou-se e em seguida ficamos bons amigos. Lemos, estudamos, escrevemos, biblioteca farta, assim como a nossa juventude. Dali para frente a poesia libertou-nos do medo de sermos chamados de poetas. Achávamos por demais ridícula aquela afirmação. Ser diferente não era o nosso desiderato.
O que queríamos era simplesmente nos embriagar da eterna poesia de Lorca, Neruda, Bandeira, Poe, Augusto, Florbela, Vinícius, Patativa, Rimbaud, Drumond, Quintana, Baudelaire, dentre outros... Porém, não demoraria muito para que a professora nos delatasse à turma inteira.
Com direito a leitura dos nossos primeiros madrigais.
Marcial Ferreira era seu nome, filho do Ipaumirim, para o qual fizera um soneto. Verdadeiro hino oferecido a sua Alagoinha. Tempo áureo do nosso Agrícola Colégio.
Internato para os primeiros, utopia para nós todos. Chão fértil e rico das serras do Crato-CE; sopé do Araripe. Tempos idos, pleno de lirismo e sonhos em se mudar o mundo. Saudade de casa e da namorada, que quase nunca nos escrevia. Trabalho árduo, enxada, regador, calos nas mãos. Estudo noturno obrigatório, dias de cansaço e solidão. Bucólico esforço, ideal parasidíaco. Sofreguidão! Mata virgem, virgens meninos e meninas, virgem poética adormecida nos nossos cadernos de exercícios.
Os anos se passaram. Fim do período... Cada um seguiu para o seu lado. O mundo depois disso pareceu-me muito mais imenso: geodésico sentimento que eu ansiava pegar com as minhas próprias mãos. Nunca mais tive notícias dele. Não sei se vive ou se a vida se desfez do mesmo. Quem sabe aquele amigo tenha optado por se encantar de vez na serra do Crato, junto a sua poesia- a musa que nos fez acreditar nos sonhos e outras utopias. Ou ainda, quem sabe, mergulhara no seu poema mais triste à guisa de se proteger de um mundo ingrato. Como só seria possível a um poeta-amigo, vate singularíssimo da palavra, na mais humana disposição lídima do gesto.
O Agrícola agora, assim como ele(meu amigo), é uma miragem estranha perdida nas brumas de um passado longínquo. O tempo passou célere como sempre passam os bons momentos. Século pretérito... Deixando uma história de sonhos 'profissionalizantes' aprisionada no futuro do presente. As coisas mudaram de lugar, como de aparência e de sentido. Assim como todos os colegas do velho colégio. Nossos mestres, alguns desapareceram para sempre. Restando apenas a saudade e os conhecimentos perpetuados entre os seus discípulos. As árvores cresceram como se nelas se eternizassem todas as primaveras e a brancura teimosa dos nossos cabelos. Sulcos nos caminhos, rugas profundas dos nossos rostos como se fossem ainda hoje, as nossas idas e vindas sobre as serras verdejantes do belo Crato. A poesia por seu turno, deu sentido e um colorido especial à vida. Como um acerto de conta do presente com o passado. A ampulheta do tempo fincou nos nossos rostos de pedra, uma indisposição estética para a juventude. Nossos semblantes agora travam todo dia um novo combate com os espelhos. Como se o juizo final acontecesse numa sucessão irreversível todas as manhãs na nossa face. Somos por isso agora, grandes desconhecidos íntimos, perdidos na multidão de nós outros.
Quisera apenas que aquele poeta-amigo do velho Colégio Agrícola do Crato pudesse ao menos saber que a poética, assim como as lembranças, ainda permanecem comigo, como frases perdidas nas páginas soltas e amareladas de uma coletânea de reminiscências guardadas num baú de ossos.
Uma obra carcomida e ultrapassada que quase ninguém tem mais coragem de relê-la. Quisera saber do meu amigo, para finalmente abraçá-lo forte e poder dizê-lo que aquela minha poesia lírica e utópica agora virou verdades, esperanças e livros.
Recordações de um passado que nunca passa... E que se mantêm guardado para sempre no fundo das nossas memórias.
Por: José Cícero
In Overmundo

Onde andará Marcial Ferreira??? Quem sabe algum dos leitores dá notícias dele e promove um reencontro de amizade e poesia.
ML

Deu no Diário do Sertão

Nos anos 80, estes políticos comandavam o MDB, Chico Barbosa, Zé Aldemir, Acácio e Bosco Amaro. O comício acontecia na praça João Pessoa em Cajazeiras. A foto é do acesso do jornalista Gutemberg Cardoso.

Comentários
paulo f. (paulo2007@hotmail.com) disse:
BEM QUE CHICO ROLIM DIZIA QUE O MDB CABIA NUM FUSCA E AINDA SOBRAVA ESPAÇO....VALEU PELA FOTO É HISTÓRICA.
Em 02/04/2009 às 15:36

Ana (do-nana@hotmail.com) disse:
Poderia sim, ser um partrido pequeno, mas só tinha homens de bem, como Raimundo Ferreira, Patricio Nogueira, (Patrício inclusive nunca saiu do partido, seguindo fielmente até os dias de hoje o PMDB, e sendo eleito o 1º vereador na época), Acácio Braga Rolim, Zé de Sousa, esses sim são os que nasceram juntamente com o MDB, e em 1976 entrou pro MDB Bosco Amaro e Zerinho, fortalecendo tb o partido e em 1982 já PMDB desceu de paraquedas o então Deputado José Aldemir Meireles. E pra quem não sabe Chico Barbosa é de Ipaumirim e era do MDB da sua cidade. E quem não sabe tb quem disse que o MDB cabia dentro de um fusca foi o ex-prefito e ex- dep. Estadual Epitácio Leite Rolim. Qualquer dúvida é só me perguntar, pois a história política de cajazeiras em lembro até hoje.
Em 04/04/2009 às 13:02
Que beleza! Os arquivos fotográficos são testemunhas da política. Não resisti, coloquei no blog inclusive os comentários que enriquecem e contextualizam a imagem.
ML

Se liga, IP!


A Lei 11.996 de julho de 1992 estabeleceu as diretrizes e princípios da Política Estadual de Recursos Hídricos, tendo como premissas fundamentais a descentralização, a integração e a participação dos usuários na gestão das águas.
Com a criação da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (COGERH), em 1993, tem inicio a fase de operacionalização do trabalho de envolvimento dos usuários no processo de alocação de água dos sistemas hídricos, através da implementação dos instrumentos de gestão e do desenvolvimento de espaços para a participação da sociedade na gestão das águas no Estado do Ceará.
A COGERH desenvolve um trabalho de sensibilização e conscientização para a gestão das águas nas bacias hidrográficas, estimulando e apoiando a formação de canais de participação a sociedade civil e os usuários no processo de co-gestão dos recursos hídricos. Nas discussões é dada ênfase à importância da gestão racional e eficiente dos recursos, visando motivar os usuários na participação do processo de gerenciamento da bacia hidrográfica como um todo, principalmente através dos Comitês de Bacias Hidrográficas e das Comissões Gestoras de Sistemas Hídricos.
O trabalho de apoio a organização social para a gestão dos recursos hídricos tem que ser entendido como um processo de mobilização social continuado, envolvendo ações de articulação, mobilização e capacitação dos atores sociais envolvidos na gestão participativa da água no Ceará.
Para uma compreensão adequada do processo de mobilização social é preciso levar em consideração a sua complexidade e sua importância para a gestão dos recursos hídricos. Nesse sentido mobilizar não se trata apenas de animar a comunidade, organizar reuniões e conscientizar ou sensibilizar as pessoas sobre a importância da água. O objetivo central das ações de mobilização social para a gestão dos recursos hídricos é garantir a participação efetiva dos atores sociais em relação ao uso, controle e conservação da água, ou seja, garantir as condições para a participação social na concepção, planejamento e execução das políticas públicas do setor de recursos hídricos.
Esse trabalho de apoio as organizações sociais para a gestão dos recursos hídricos é operacionalizado pelos Núcleos de Gestão de cada Gerência de Bacia da COGERH, e coordenado no âmbito estadual pela Gerência de Gestão Participativa, que funciona da sede da COGERH em Fortaleza.
É um órgão colegiado criado pela lei 11.996/92 e regulamentado pelo decreto 26.462/01, com atribuições, consultivas e deliberativas, com atuação na bacia ou sub-bacia hidrográfica de sua jurisdição. É composto por representantes dos usuários, da Sociedade Civil, das prefeituras e dos Òrgãos do Governo e é a instância mais importante de participação e integração do planejamento e das ações na área dos recursos hídricos.
No Ceará o colegiado do comitê de bacia é compostos por representantes de instituições governamentais e não-governamentais, distribuídos em 04 (quatro setores), sendo a seguinte distribuição e percentual de participação: Usuários (30%); Sociedade Civil (30%); Poder Público Municipal (20%); Poder Público Estadual/Federal (20%).
O trabalho de formação dos comitês no Ceará teve início em 1994, com o trabalho na Bacia Hidrográfica do Curu, sendo instalado o comitê desta bacia em 17/09/1997, sendo o primeiro comitê de bacia instalado no Ceará, que funcionou como projeto piloto, pois a partir da experiência desenvolvida ali, expandiu-se gradativamente o trabalho de formação dos outros comitês no Ceará.
A metodologia para a formação dos comitês, desenvolvida pela COGERH, definiu três níveis de atuação (Açude, Vale Perenizado, Bacia Hidrográfica) no sentido da integração das ações para o Apoio a Organização dos Usuários.
Em alguma bacias o processo de formação do comitê foi impulsionado através do trabalho de operação participativa dos vales perenizados, onde era formada as Comissões de Operação dos Vales Perenizados, como no caso do Curu, Baixo Jaguaribe, Médio Jaguaribe, Acaraú.
Os Comitês de Bacias tem seu próprio Regimento Interno; as assembléias são públicas; os membros têm poder de voto; os mandatos de todos os integrantes são de dois anos; todos os membros podem se candidatar aos cargos da diretoria (composta por Presidente, Vice-presidente e Secretário Geral); os comitês podem crias Comissões e Câmaras Técnicas; a quantidade de membros é variável, devendo apenas obedecer os percentuais dos quatro setores representados.
Já foram instalados 10 comitês de bacias hidrográficas no Ceará, como pode ser visto na tabela a seguir:

COMITÊS DE BACIAS HIDROGRÁFICAS

Bacias: Curu, Baixo Jaguaribe, Médio Jaguaribe, Banabuiú, Alto Jaguaribe, Metropolitanas, Acaraú, Litoral, Coreaú e Salgado.

Missão dos Comitês de Bacias Hidrográficas

Contribuir com a gestão integrada e descentralizada dos Recursos Hídricos, garantindo a participação da sociedade no processo decisório, buscando o desenvolvimento sustentável da bacia.
São atribuições dos Comitês de Bacias, segundo o decreto No 26.462/2001
I. Acompanhar e fiscalizar a aplicação dos recursos repassados ao órgão de gerenciamento das bacias para aplicação na sua área de atuação, ou por quem exercer suas atribuições, recebendo informações sobre essa aplicação, devendo comunicar ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos, as irregularidades identificadas;
II. Propor ao Conselho de Recursos Hídricos do Ceará - CONERH, critérios e normas gerais para a outorga de uso dos recursos hídricos e de execução de obras ou serviços de oferta hídrica;
III. Estimular a proteção e a preservação dos recursos hídricos e do meio ambiente contra ações que possam comprometer o uso múltiplo atual e futuro;
IV. Discutir e selecionar alternativas de enquadramento dos corpos d`água da bacia hidrográfica, proposto conforme procedimentos estabelecidos na legislação pertinente;
V. Aprovar internamente e propor ao Conselho de Recursos Hídricos do Ceará -CONERH, programas e projetos a serem executados com recursos oriundos da cobrança pela utilização de recursos hídricos das bacias hidrográficas, destinados a investimentos;
VI. Acompanhar a execução da Política de Recursos Hídricos, na área de sua atuação, formulando sugestões e oferecendo subsídios aos órgãos ou entidades que compõem o Sistema Integrado de Gestão de Recursos Hídricos - SIGERH;
VII. Aprovar o Plano de Gerenciamento de recursos hídricos da bacia, respeitando as respectivas diretrizes:
a) do Comitê de Bacia do curso de água do qual é tributário, quando existente;
b) do Conselho de Recursos Hídricos do Ceará - CONERH, ou do Conselho Nacional de Recursos Hídricos - CNRH;
VIII. Propor, em períodos críticos, a elaboração e implementação de planos emergenciais possibilitando uma melhor convivência com a situação de escassez;
IX. Constituir grupos de trabalho, comissões específicas e câmaras técnicas, definindo, no ato de criação, sua composição, atribuições e duração;
X. Discutir e aprovar, anualmente, em conjunto com o órgão de gerenciamento das bacias, o plano de operação dos sistemas hídricos da bacia hidrográfica;
XI. Elaborar e reformular seu Regimento nos termos deste Decreto;
XII. Orientar os usuários de recursos hídricos da bacia hidrográfica no sentido de adotar os instrumentos legais necessários ao cumprimento da Política de Recursos Hídricos do Estado, com vistas à obtenção da outorga de direito de uso da água e de construção de obras de oferta hídrica;
XIII. Propor e articular com as Secretarias Municipal e Estadual de Educação a adaptação dos currículos escolares às questões ambientais relacionadas aos recursos hídricos locais.

Comitê da Bacia Hidrográfica do Salgado

Criado pelo Decreto nº. 26.603 de 14 de maio de 2002 e instalado em 10 de julho de 2002. Trata-se de um órgão colegiado, de caráter consultivo e deliberativo. É constituído por 50 instituições membro, estando estas representadas nos seguintes segmentos: Poder Público Municipal – 10 instituições, Poder Público Estadual e Federal – 10 instituições, Usuários – 15 instituições, e Sociedade Civil – 15 Instituições.

A SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO SALGADO

Tem uma área de drenagem de 12.865 km², correspondente a 8,25% do território cearense, sendo o seu principal rio o Salgado, abrangendo grande parcela da região Sul do Estado. Esta bacia é composta por 23 municípios (ver lista abaixo).
Essa bacia apresenta uma capacidade de acumulação de águas superficiais de 447,41 milhões m³, num total de 13 açudes públicos gerenciados pela COGERH.
São grandes as potencialidades dessa bacia. Os melhores aqüiferos da bacia do Jaguaribe estão localizados nessa região, notadamente no Cariri. Por conta disso, a maior parte de seus municípios é atendida por poços, perenizando 270 km de trecho de rio.
Municípios que compõem a Sub-Bacia do Salgado
Icó, Cedro, Baixio, Ipaumirim, Aurora, Barro, Mauriti, Brejo Santo, Porteiras, Jati, Penaforte,
Barbalha, Crato, Missão Velha, Juazeiro do Norte, Abaiara, Milagres, Granjeiro, Caririaçu, Jardim, Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira, Umari.

Sede e Secretaria Executiva - COGERH Crato
Rua André Cartaxo, 454 – Centro.
CEP 63.100 – 170 - Crato/CE.
Fone: (88) 3523.6302.



Na composição do Comitê, Ipaumirim estaria representado pelo setor Sociedade Civil através do Sindicato dos Trabalhadores Rurais tendo como titular o senhor Antônio Maria de Alexandria. Não sei se continua o mesmo. Lendo a missão dos Comitês, eu pergunto: além de constar no documento, esse comitê se fez presente em algum momento em Ip? Se fez, seria bom a comunidade inteira ser informada desde que representa formalmente o município.

ML

Acorda Alagoinha!

PAC/FUNASA

Os municípios ribeirinhos da Bacia Hidrográfica do Nordeste Setentrional, que tem até 50 mil habitantes, e que estão incluídos nos condicionantes da Licença de Instalação, expedida pelo Ibama para o Ministério da Integração Nacional, relativa aos trechos I e II do eixo norte e V do eixo leste do PIRSF, são beneficiados com projetos de Sistemas de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário, através de convênio com a Funasa.
Essas condicionantes estão relacionadas à conclusão da implantação dos sistemas de esgotamento sanitário e de coleta, tratamento e disposição final adequada dos resíduos sólidos nos municípios de Jardim, Penaforte e Jati, além da apresentação do levantamento de fontes poluentes, do diagnóstico e dos projetos básicos para os municípios localizados nas bacias de contribuição do Rio Salgado e dos trechos de afluentes não controlados por grandes reservatórios do Rio Jaguaribe até o Açude Castanhão.
Com o intuito de atender às demandas dos municípios, a Funasa assinou convênio para elaboração do Plano de Saneamento Ambiental da região do Cariri Central, composta pelos municípios de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Altaneira, Caririaçu, Farias Brito, Jardim, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri, além da elaboração de projetos executivos para implantação de aterro sanitário, centro de triagem, estação de transferência, estudos ambientais e revisão do plano de gestão.
Outra intervenção será a elaboração do Projeto Executivo e Plano de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos de Icó e de Milagres, compreendendo os municípios de Baixio, Cedro, Icó, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira, Orós, Umari e de Abaiara, Aurora, Barro, Brejo Santo, Mauriti, Milagres e Porteiras.
Atualmente, os municípios de Abaiara, Aurora, Barro, Brejo Santo, Mauriti, Milagres, Porteiras, Baixio, Cedro, Icó, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira, Orós e Umari, por exemplo, apresentam problemas na gestão de Resíduos Sólidos. Embora já possuam os anteprojetos dos Aterros Sanitários os municípios em questão necessitam de Projetos Executivos dos Aterros Sanitários e das instalações complementares que permitam a contratação e execução das obras necessárias como também, a elaboração de Planos Integrados de Resíduos Sólidos, visando a Gestão Consorciada dos Resíduos Sólidos, de forma ordenada, atendendo aos Planos Diretores Urbanos, para que possa servir de referência e multiplicadores para os demais municípios do Estado.
Estão previstos, através do PAC/Funasa, investimentos de R$ 5,8 milhões, com projetos de abastecimento de água e esgotamento sanitário para os municípios cearenses adjacentes ao PIRSF.
Após o encontro, a Funasa, o Consórcio Intermunicipal de Saneamento da Região Sul (Cisan/Sul) e o Governo do Ceará farão o lançamento da pedra fundamental da construção da sede do laboratório regional do consórcio em Limoeiro do Norte, que fará o controle da qualidade da água dos municípios formadores do Cisan/Sul.
Este laboratório permitirá o controle da qualidade da água conforme preconiza a Portaria MS nº518/04. Este laboratório possibilitará o atendimento de uma população residente nos municípios de: Banabuiú, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Milhã, Quixeramobim, São João do Jaguaribe, Aiuaba, Brejo Santo, Caririaçu, Crato, Icó, Iguatu, Irapuan Pinheiro, Jaguaribe, Jardim, Jucás, Quixelô e Solonópolis, que fazem parte do CISAN - Sul. Todos os municípios que integram o consórcio são de pequeno e médio porte e não possuem condições de dispor de um laboratório próprio adequado a realidade legal, daí o apoio da Funasa para a construção desse Laboratório.
Esse Laboratório Regional atende o Programa Apoio ao Controle da Qualidade da Água para Consumo Humano, que apóia os serviços de água dos municípios para garantir que a água produzida e distribuída tenha o padrão de qualidade compatível com o estabelecido na legislação vigente visando à promoção da saúde e a melhoria do bem-estar das populações atendidas.

Portal Vermelho
Fonte: http://www.inacio.com.br/interna.
16.04.2009

Fanatismo religioso destrói imagens sacras na igreja de Umari

Imagem: tvmiseria.com.br

Mulher invade igreja e destrói imagens sacras

Acusada usou uma pedra de paralelepípedo para atingir as 18 imagens e sete quadros da Via Sacra da Igreja Matriz


Um atentado à igreja matriz da cidade de Umari (a 405Km de Fortaleza) deixou indignados os fiéis daquela paróquia e acabou virando caso de Polícia.
O fato ocorreu ao meio-dia de ontem, quando a Igreja de São Gonçalo do Amarante, padroeiro do Município, foi invadida e atacada pela dona-de-casa Maria Leite Araújo Brasil, 45, evangélica.
De posse de um paralelepípedo, ela destruiu 18 imagens sacras, sendo três delas do século XVIII, além de sete quadros da Via-Sacra. As imagens viraram pó. A acusada ainda ameaçou os fiéis que tentaram dominá-la e só foi contida com a chegada da Polícia Militar no local da depredação. ´Vera´, como é mais conhecida a acusada, parecia estar possessa e afirmou para os PMs que havia feito uma promessa de ´destruir imagens feitas pelas mãos dos homens que estão provocando guerras no Mundo”. Separada do marido, ´Vera´ tornou-se fervorosa frequentadora de um templo da Assembleia de Deus na cidade de Umari.

Dominada
Quando a patrulha comandada pelo sargento PM Josué e cabo PM Givaldo chegou ao local encontrou o pároco José Luismar Rodrigues em estado desesperador diante da destruição de todas as imagens da matriz.
A mulher foi dominada e encaminhada à Delegacia Regional da Polícia Civil de Icó (a 375Km de Fortaleza), onde o delegado-regional José Gonçalves de Almeida lavrou o flagrante por crimes de danos e violação de templo religioso.
Desde o fim da tarde passada, a acusada se encontra recolhida na cadeia pública de Umari à disposição da Justiça.
O pároco José Luismar Rodrigues acompanhou a acusada e os PMs até a delegacia regional de Icó, onde prestou depoimento no auto de prisão em flagrante delito. Segundo o religioso, a destruição das imagens sacras ´jamais será esquecida pelos fiéis de Umari. Ele lembrou que, em toda a sua vida de sacerdócio, nunca tinha presenciado um ato semelhante. “Ela causou danos materiais, espirituais, religiosos e também culturais”, afirma o padre se referindo às imagens santificadas que haviam sido esculpidas há séculos.
O escrivão Judá Tadeu, que lavrou o flagrante contra a dona-de-casa, também lamentou o ocorrido. “Estou na Polícia há 32 anos e jamais tinha visto algo dessa gravidade”, explicou. Logo que tomou conhecimento do fato, a população se dirigiu à igreja e ficou incrédula ao ver as imagens sacras destruídas.
Fernando Ribeiro Editor
(colaborou, Richard Lopes)
Diário do Nordeste

Na contramão da hipocrisia

Fernando Lugo

BENDITOS FRUTOS

(Paulo Santana)

Pensei muito antes de oferecer aos meus leitores minha conclusão sobre o caso de filhos do presidente do Paraguai gerados, espuriamente, enquanto ele vestia o manto episcopal.

As mães foram amantes de Lugo antes do seu desligamento do vínculo canônico, ou seja, antes de ele abandonar a Igreja.

E o interessante é que, enquanto Fernando Lugo foi bispo, nenhuma das suas amantes denunciou-o pelas práticas profanas.

Só foram denunciá-lo depois que ele envergou a faixa presidencial.

Em suma, essas três mulheres que têm filhos com Lugo, mais outras três que ameaçam botar a boca no trombone, enfim, dezenas que ainda podem vir a denunciar o presidente por sua prolífica concupiscência enquanto clérigo, indubitavelmente comungaram voto de silêncio sobre a trama lúbrica.

Mal o bispo se tornou presidente, passaram a assanhar-se para apontá-lo como pai de seus filhos.

Antes, elas se envergonhavam de ter tido conúbio com um bispo – o que diriam seus parentes e conhecidos?

Agora que Fernando Lugo foi sagrado presidente da República, passaram a se orgulhar de terem se abrigado sob sua batina.

Hipócritas, cevaram em sigilo o corpo do bispo ardiloso durante todo o seu mandato clerical.

Saíram correndo no rumo dos holofotes da imprensa logo que o bispo se livrou das ordens sacras e se tornou o primeiro mandatário nacional.

Aproveitadoras. Pode até ter-lhes passado pela cabeça o sonho delirante de reviverem a paixão proibida e virem a se tornar primeira-dama.

Última dama escondida enquanto se refestelavam na escuridão da Cúria, primeira-dama ostensiva, declarada e presunçosa no palácio presidencial.

Mas se o ex-bispo era assim tão envolvente e sedutor, como elas só agora ousam confessar, na presidência da República terá muito mais condições de dar vazão às suas afrodisíacas pretensões.

Se o presidente do Paraguai se inspirar nas farras mordômicas a que julgam ter direito determinados estamentos públicos, há de dar um jeito para que o erário federal pague as dezenas de pensões alimentícias que seu destemperado furor lascivo tenha acarretado.

Na verdade, a proibição sacerdotal, a julgar pelos bilhões de dólares que a Igreja Católica pagou de indenização no mundo pelos excessos de pedofilia de muitos de seus membros, encerra apenas um vedação matrimonial, o exercício sexual fica veladamente liberado.

Porque é muito mais fácil proibir o vínculo matrimonial aos sacerdotes quanto é quase impossível proibir a demência erótica.

Quando o bispo Fernando Lugo iniciava seu sermões com a expressão “meus filhos”, como Galvão Bueno saúda no seu “bem, amigos”, pensava-se que se tratava de uma força de expressão.

Nada disso, a saudação era, vê-se agora, dirigida a um público bem definido e certo, os frutos múltiplos de suas aventurescas estripulias sensuais.

Fonte: http://entrelacos.blogger.com.br/

Portaria do Governo divulga recursos de ICMS, do IPVA e do IPI para a região.

Foram divulgados os valores de repasse, por parte do Governo do Estado, do ICMS, IPVA e IPI referentes ao mês fevereiro. A portaria de nº263/2009, de 17 de abril de 2009, está no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (24), nas páginas 33 e 34.
ICÓ - O município de Icó receberá a quantia total de R$ 208.111,96. Este valor é somado e referente ao ICMS (R$ 147.161,38), IPI (R$ 899,95) e IPVA (Arrecadado - R$ 120.101,26 e Repassado - R$ 60.050,63).
REGIÃO - Trazemos também os valores destinados a alguns municípios mais próximos a Ipaumirim:
:: Baixio :
ICMS - R$ 73.834,66
IPI - R$ 451,53
IPVA - Arrecadado: R$ 7.438,94 e Repassado: R$ 3.719,47

:: Ipaumirim :
ICMS - R$ 73.572,2
IPI - R$ 449,92
IPVA - Arrecadado: R$ 58.179,36 e Repassado: R$ 29.089,68
:: Lavras da Mangabeira :
ICMS - R$ 84.693,51
IPI - R$ 517,94
IPVA - Arrecadado: R$ 30.283,33 e Repassado: R$ 15.141,66

:: Umari :
ICMS - R$ 67.100,74
IPI - R$ 410,34
IPVA - Arrecadado: R$ 4.954,29 e Repassado: R$ 2.477,14

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Alow Felizardo!


CEARÁ JUNINO


A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) anuncia a abertura das inscrições para o XI Edital Festejo Ceará Junino, no valor de R$ 900.000,00 (novecentos mil reais) oriundos do Fundo Estadual de Cultura (FEC), distribuídos nas categorias “Festival de Quadrilha Junina”, e “Apoio aos Grupos Juninos”.Na categoria “apoio aos grupos Juninos”, serão selecionados até 58 (cinquenta e oito) projetos, no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reias) cada, já na categoria “Festival de Quadrilhas Juninas”, serão selecionados até 20 (vinte) projetos, no valor de R$ 16.000,00 (dezesseis mil reais) cada. O proponente selecionado destinará desse valor R$ 10.000,00 (dez mil reais) par despesas oriundas do projeto e R$ 6.000,00 (seis mil reais) para premiação das quadrilhas juninas participantes das Etapas Regionais. Serão contempladas 78 (setenta e oito) ações culturais que mantenham vivas às tradições juninas com apresentações de quadrilha junina, grupos musicais regionais (sanfona, zabumba, triângulo, pandeiro), quermesses, festival de comidas típicas e manifestações artísticas tradicionalmente populares. Este ano serão destinados 50% (cinquenta por cento) dos recursos previstos neste edital para projetos advindos do interior do Estado. As propostas de inscrição deverão ser entregues até o dia 11 de maio de 2009, em envelope lacrado, protocolado na sede Secretaria da Cultura, no endereço: Centro Administrativo Governador Virgílio Távora, Cambeba (prédio da antiga SEAD, Fortaleza/CE (CEP: 60.839-900).
Mais informações sobre o Edital do XI Festejo Ceará Junino 2009, poderão ser obtidas pelo site: www.secult.ce.gov.br, pelos telefones, (85) 31016765, SIEC - Secretaria Executiva do SIEC /SECULT ou através dos e-mails: siec@secult.ce.gov.br.

De Rocemar para o nosso blog

Maria Luiza, meus parabens pela livre iniciativa de manter a nossa querida Ipaumirim, em evidência, de inicio lamento o falecimento de nossa conterranea Longina Melo, ocorrido no dia l7 do corrente, aproveito a oportunidade para apresentar minhas condolescências a seus familiares.Por conhecimento próprio identifico as pessoas constantes da foto nº 163, públicada em 19.04.2009, como seja, a senhora que se se encontra no começo da fila de óculos é a dona Iraci Diniz Brasileiro, quem se encontra ao seu lado é o seu esposo Hugo Lima Brasileiro, ja falecido, a senhora que se encontra vizinho a este e a sua mãe Raimunda Lima Brasileiro, conheida por "Dona Doca", que foi casada com o Coronel Cicero Henrique Brasileiro, também ja falecidos, que por sinal eram meus padrinhos de batismo. Maria Luiza, não tenho certeza, mas tudo leva a crer que o cidadão que se encontra na foto de costa é o meu querido pai Amaro Farias, que com as graças de Deus, está com saúde e ja conta com a idade de 102 anos. De forma equivocada, consta a identificação das pessoas ali existentes, como sendo Cirilo Serra, e esposa ? , ?.Fico certo de que fui útil na identificação.Aceite um forte abraço do conterraneo e amigoRocemar Onofre Farias, popularmente conhecimento como "Bo", com muito orgulho tabelião, aposentado.
Valeu, Bó. Fiz a correção lá na foto. Só de rever vocês todos já vale a pena fazer este blog. Grande abraço.
ML

quinta-feira, 23 de abril de 2009

O MUNDO, por Hernan Casciari



Li uma vez que a Argentina não é nem melhor nem pior que a Espanha, só que mais jovem. Gostei dessa teoria e aí inventei um truque para descobrir a idade dos paises baseando-me no 'sistema cão'. Desde meninos nos explicam que para saber se um cão é jovem ou velho deveríamos multiplicar a sua idade biológica por 7. No caso de países temos que dividir a sua idade histórica por 14 para conhecer a sua correspondência humana.

Confuso? Neste artigo exponho alguns exemplos reveladores.

Argentina nasceu em 1816, assim sendo já tem 190 anos. Se dividimos estes anos por 14, Argentina tem 'humanamente' cerca de 13 anos e meio, ou seja, está na pré-adolescência. É rebelde, se masturba, não tem memória, responde sem pensar e está cheia de acne. Quase todos os países da América Latina têm a mesma idade, e como acontece nesses casos, eles formam gangues. A gangue do Mercosul são quatro adolescentes que têm um conjunto de rock. Ensaiam em uma garagem, fazem muito barulho, e jamais gravaram um disco. Venezuela, que já tem peitinhos, está querendo unir-se a eles para fazer o coro. Na realidade, como a maioria das mocinhas da sua idade, quer é sexo, neste caso com Brasil que tem 14 anos e um membro grande.

México também é adolescente, mas com ascendente indígena. Por isso ri pouco e não fuma nem um inofensivo baseado, como o resto dos seus amiguinhos. Mastiga coca, y se junta com os Estados Unidos, um retardado mental de 17 anos, que se dedica a atacar os meninos famintos de 6 anos em outros continentes.

No outro extremo está a China milenária. Se dividimos os seus 1.200 anos por 14 obtemos uma senhora de 85, conservadora, com cheiro de xixi de gato, que passa o dia comendo arroz porque não tem dinheiro - ainda - para comprar uma dentadura postiça. A China tem um neto de 8 anos, Taiwan, que lhe faz a vida impossível. Está divorciada faz tempo de Japão, um velho chato, que se juntou às Filipinas, uma jovem pirada, que sempre está disposta a qualquer aberração a câmbio de grana.

Depois estão os países que chegaram à maioria de idade e saem com o BMW do pai. Por exemplo, Austrália e Canadá, típicos países que cresceram ao amparo de papai Inglaterra e mamãe França, com uma educação restrita e antiquada, e que agora se fingem de loucos. Austrália é uma babaca de pouco mais de 18 anos, que faz topless e sexo com África do Sul; enquanto que Canadá é um mocinho gay emancipado, que a qualquer momento adota o bebê Groenlândia para formar uma dessas famílias alternativas que estão de moda.

França é uma separada de 36 anos, mais pu..."pi" que uma galinha, mas muito respeitada no âmbito profissional. Tem um filho de apenas 6 anos: Mônaco, que vai a caminho de ser puto ou bailarino... ou ambas as coisas. É a amante esporádica da Alemanha, caminhoneiro rico que está casado com Áustria, que sabe que é chifruda, mas não se importa. Itália é viúva faz muito tempo.Vive cuidando de São Marino e do Vaticano, dois filhos católicos gêmeos idênticos. Esteve casada em segundas núpcias com Alemanha (por pouco tempo e tiveram a Suíça), mas agora não quer saber nada de homens. Itália gostaria de ser uma mulher como a Bélgica: advogada, executiva independente, que usa calças e fala de política de igual para igual com os homens (Bélgica também fantasia, às vezes, com saber preparar um espaguete).

Espanha é a mulher mais linda de Europa (possivelmente França se iguale, mas perde espontaneidade por usar tanto perfume). Anda muito com tetudas e quase sempre está bêbada. Geralmente se deixa foder por Inglaterra e depois denuncia. Espanha tem filhos por todas partes (quase todos de 13 anos), que moram longe. Gosta muito deles mas perturbam quando têm fome,passam uma temporada na sua casa e assaltam a geladeira.

Outro que tem filhos espalhados é Inglaterra. Sai de barco à noite, traça alguns babacas e nove meses depois aparece uma nova ilha em alguma parte do mundo. Mas não fica de mal com ela. Em geral as ilhas vivem com a mãe, mas Inglaterra as alimenta. Escócia e Irlanda, os irmãos de Inglaterra, que moram no andar de cima, passam a vida bêbados e nem sequer sabem jogarfutebol. São a vergonha da família.

Suécia e Noruega são duas lésbicas de quase 40 anos, que estão boas de corpo, apesar da idade, mas não ligam para ninguém. Traçam e trabalham pois são licenciadas em algo. Às vezes fazem um trio com Holanda (quando necessitam de maconha); outras vezes cutucam a Finlândia, que é um cara meio andrógino de 30 anos, que vive só em um apartamento sem mobília e passa o tempo falando pelo celular com a Coréia. Coréia (a do Sul) vive de olho na sua irmã esquizóide. São gêmeas, mas a do Norte tomou líquido aminiótico quando saiu do útero e ficou estúpida. Passou a infância usando pistolas e agora, que vive só, é capaz de qualquer coisa. Estados Unidos, o retardadinho de 17 anos, a vigia muito, não por medo, mas porque quer pegar as suas pistolas.

Israel é um intelectual de 62 anos que teve uma vida de mer..."pi". Há alguns anos, Alemanha, o caminhoneiro, não o viu e o atropelou. Desde esse dia, Israel ficou que nem louco. Agora, em vez de ler livros, passa o dia na sacada jogando pedras na Palestina, que é uma mocinha que está lavando a roupa na casa do lado.

Irã e Iraque eram dois primos de 16 anos que roubavam motos e vendiam as peças, até que um dia roubaram uma peça da motoca dos Estados Unidos e acabou o negócio para eles. Agora estão comendo lixo. O mundo estava bem assim, até que um dia Rússia se juntou (sem casar) com a Perestroika e tiveram uma dúzia e meia de filhos. Todos esquisitos, alguns mongolóides, outros esquizofrênicos. Faz uma semana, e por causa de um conflito com tiros e mortos, nós, os habitantes sérios do mundo, descobrimos que tem um país que se chama Kabardino-Balkaria. Um país com bandeira, presidente, hino, flora, fauna...e até gente! Eu fico com medo de que apareçam países de pouca idade, assim de repente. Que saibamos por ter ouvido e que aindatenhamos que fingir que sabíamos para não passar por ignorantes.

E eu pergunto: Por que continuam nascendo países, se os que existem ainda não funcionam?

----------------------------

Nota sobre o autor: Hernán Casciari nasceu em Mercedes (Buenos Aires), em 16 de março de 1971.Escritor e periodista argentino. Ficou conhecido por seu trabalho ficcional na Internet, onde procura unir literatura e blog, com destaque na blognovela. Sua obra mais conhecida na rede, Weblog de uma mulher gorda, foi editada em papel, com o título: Mais respeito, que sou sua mãe.

Não garanto a autoria, recebi de um amigo.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Aguardando Sport e Colo Colo...

Postei e os post sumiram. Agora vou ver o jogo.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Recursos recebidos, em abril, pela PMI









Nota: aqui estão apenas os repasses publicados no site do Banco do Brasil, hoje, 21 de abril. Outros recursos e repasses podem ser procurados em outros sites mas eu não tenho tempo para ficar de um em um. A Câmara de Vereadores, como órgão fiscalizador, bem que poderia dar uma colher de chá apresentando para a comunidade os valores recebidos pela PMI oriundos das várias fontes. Não é Câmara quem aprova as contas? Então deve saber também os recursos. Uma postura transparente aumenta a confiabilidade nos gestores e nos órgãos de fiscalização. Isso faz a diferença em relação às gestões anteriores. Fica a sugestão.
ML

domingo, 19 de abril de 2009

O amor que a vida traz (Martha Medeiros)


Você gostaria de ter um amor que fosse estável, divertido e fácil. O objeto desse amor nem precisaria ser muito bonito, nem rico. Uma pessoa bacana, que te adorasse e fosse parceira já estaria mais do que bom. Você quer um amor assim. É pedir muito? Ora, você está sendo até modesto.
O problema é que todos imaginam um amor a seu modo, um amor cheio de pré-requisitos. Ao analisar o currículo do candidato, alguns itens de fábrica não podem faltar. O seu amor tem que gostar um pouco de cinema, nem que seja pra assistir em casa, no DVD. E seria bom que gostasse dos seus amigos.
E precisa ter um objetivo na vida. Bom humor, sim, bom humor não pode faltar. Não é querer demais, é? Ninguém está pedindo um piloto de Fórmula 1 ou uma capa da Playboy. Basta um amor desses fabricados em série, não pode ser tão impossível.
Aí a vida bate à sua porta e entrega um amor que não tem nada a ver com o que você queria. Será que se enganou de endereço? Não. Está tudo certinho, confira o protocolo. Esse é o amor que lhe cabe. É seu. Se não gostar, pode colocar no lixo, pode passar adiante, faça o que quiser. A entrega está feita, assine aqui, adeus.
E agora está você aí, com esse amor que não estava nos planos. Um amor que não é a sua cara, que não lembra em nada um amor idealizado. E, por isso mesmo, um amor que deixa você em pânico e em êxtase.
Tudo diferente do que você um dia supôs, um amor que te perturba e te exige, que não aceita as regras que você estipulou. Um amor que a cada manhã faz você pensar que de hoje não passa, mas a noite chega e esse amor perdura, um amor movido por discussões que você não esperava enfrentar e por beijos para os quais nem imaginava ter tanto fôlego.
Um amor errado como aqueles que dizem que devemos aproveitar enquanto não encontramos o certo, e o certo era aquele outro que você havia solicitado, mas a vida, que é péssima em atender pedidos, lhe trouxe esse e conforme-se, saboreie esse presente, esse suspense, esse nonsense, esse amor que você desconfia que não lhe pertence.
Aquele amor em formato de coração, amor com licor, amor de caixinha, não apareceu. Olhe pra você vivendo esse amor a granel, esse amor escarcéu, não era bem isso que você desejava, mas é o amor que lhe foi destinado, o amor que começou por telefone, o amor que começou pela internet, que esbarrou em você no elevador, o amor que era pra não vingar e virou compromisso, olha você tendo que explicar o que não se explica, você nunca havia se dado conta de que amor não se pede, não se especifica, não se experimenta em loja – ah, este me serviu direitinho!
Aquele amor corretinho por você tão sonhado vai parar na porta de alguém que despreza amores corretos, repare em como a vida é astuciosa. Assim são as entregas de amor, todas como se viessem num caminhão da sorte, uma promoção de domingo, um prêmio buzinando lá fora, mesmo você nunca tendo apostado. Aquele amor que você encomendou não veio, parabéns! Agradeça e aproveite o que lhe foi entregue por sorteio.

Som do domingo: gal Costa canta Lamartine Babo (1937)

Clube Recreativo de Ipaumirim

Fonte: orkut Ipaumirim- Ceará

Algum comentário?

Programa de regularização fundiária beneficiará 126 mil famílias de 121 municípios. Ipaumirim integra a lista

O Governo do Ceará está realizando o cadastramento de imóveis rurais e regularização fundiária, o que beneficiará a agricultura familiar do estado. Este projeto é considerado o maior do Brasil e tem como objetivo atingir 121 municípios, em uma área de aproximadamente 11 mil hectares de terras.
A iniciativa beneficiará 216.600 famílias, com 190 mil imóveis e investimentos da ordem de R$ 48 milhões. O trabalho teve início com programas de transposição do Rio São Francisco e Projetos Especiais do Governo estadual, voltados para 15 municípios, com entrega de 25.620 títulos.
TERRAS - Segundo a Assessoria de Imprensa do Instituto de Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace), a divisão de terra está dividida em áreas (Litoral Leste, Projetos Especiais, Transposição do Rio São Francisco, Projeto Trans-Nordestina e Territórios da Cidadania).
Entre as cidades beneficiadas, a cidade de Icó e municípios como Baixio, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira foram beneficiados com o projeto Transposição do Rio São Francisco. No total, foram 12 congratulados com este projeto. Além deles, as vizinhas cidades de Iguatu e Cedro foram cadastrados no Projeto Trans-Nordestina.

Secretaria de Educação do Ceará modifica estrutura e Crede de Icó tem mudança

A Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) alterou a estrutura básica da instituição e estabeleceu as novas formas de trabalho a serem executados a partir de agora. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (14) e assinada no dia 8 de abril no Palácio Iracema, pelo governador Cid Gomes, pela secretária de educação, Maria Izolda, e pela secretária do planejamento e gestão em exercício, Desirée Custódio.
CREDE 17 EM ICÓ - A 17ª Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) de Icó foi subdividida em: Núcleo Regional de Desenvolvimento da Escola (NRDES); Núcleo Regional de Cooperação com os Municípios (NRCOM); Núcleo Regional Administrativo-Financeiro (NRAFI); e Estabelecimentos de Ensino Público do Estado, as escolas.
O Crede de Icó compreende os municípios de Baixio, Cedro, Icó, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira, Umari e Várzea Alegre. No total, são 11 escolas sob a supervisão do Crede 17, das quais estão distribuídos 48 cargos, dos quais 14 em colégios icoenses.
Veja as esoclas que fazem parte do 17° Crede, de Icó:

Baixio - Escola de Ensino Fuundamental e Médio Monsehor Horácio Teixeira
Cedro - Colégio Estadual Celso Araújo
Icó - Centro de Educação de Jovens e Adultos Ana Vieira Pinheiro
Icó - Escola de Ensino Médio Vivina Monteiro
Icó - Centro de Referência Padre José Alves de Macedo
Ipaumirim - Escola de Ensino Fundamental e Médio Dom Francisco de Assis Pires
Lavras da Mangabeira - Escola de Ensino Fundamental e Médio Filgueiras Lima
Lavras da Mangabeira - Escola de Ensino Fundamental Médio Férrer Augusto Dutra
Umari - Escola de Ensino de Fundamental e Médio Moneshor Manoel Carlos de Morais
Várzea Alegre - Escola de Ensino Fundamental e Médio José Correia Lima
Várzea Alegre - Escola de Ensino Fundamental e Médio Maria Afonsina Diniz Macêdo

Fonte: http://www.icoenoticia.com/

DOMINGO MEMORIOSO: Oswaldo Ademar Barbosa - VII parte


As fotos do arquivo particular de Oswaldo Ademar Barbosa foram doadas pelo seu filho, Chiquinho de Ademar, para Anchieta Nery. Gentilmente, Anchieta cedeu-nos parte deste arquivo composto por inúmeras fotos para publicação no blog. Como estávamos em plena festa de São Sebastião, ele localizou cerca de 200 fotos mas ficou de me ceder outras tão logo tenha tempo de procurá-las. Muitas já não podem sequer se recuperar pois estão totalmente destruídas pelo tempo e pela conservação inadequada. Agradecemos a Dr. José Nery (Anchieta) a sensibilidade de colocar à disposição de todos seu arquivo particular através de nosso blog.Vamos postá-las todos os domingos no segmento Domingo Memorioso. Cada foto é uma postagem diferente e tem um número de identificação. Você pode nos ajudar postando sua informação diretamente nos comentários das fotos ou enviar para nosso e-mail fazendo referencia ao no. da foto.
Agradecemos desde já a colaboração de todos. Se você quiser enviar fotos do seu arquivo particular que ajudem a compor a memória iconográfica do nosso município, ficaremos imensamente agradecidos.

Foto 162

(clique na imagem para ampliar)


Evento:
Local:

Data:
Identificação das pessoas: Ademar Barbosa e Anchieta Nery

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 163

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local:
Data:
Identificação das pessoas:
Iraci Diniz Brasileiro, Hugo Lima Brasileiro (já falecido), Raimunda Lima Brasileiro, conhecidada como "Dona Doca", esposa do Coronel Cícero Brasileiro. De costas, Amaro Farias.
(Identificados por Rocemar Farias, o amigo Bó)

Foto 164

(clique na foto para ampliar)

Evento:
Local:

Data:
Identificação das pessoas: Ademar Barbosa , Anchieta Nery, Jose Holanda, Veneranda Maria Saraiva (com o microfone), Zenaide Quaresma.

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 165

(clique na imagem para ampliar)

Evento: Colação de Grau
Local:
Colégio Nossa Senhora de Lourdes
Cajazeiras - PE
Data:
Identificação das pessoas:
Ademar Barbosa e Nazaré Sampaio
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 166

(clique na imagem para ampliar)

Evento: Colação de Grau
Local: Colégio Nossa Senhora de Lourdes
Cajazeiras - PB
Data:
Identificação das pessoas:
Ademar Barbosa , Bosco Sampaio, Mundinha Crispim Sampaio, Nazaré Crispim Sampaio, , Cirilo Sampaio, Cira Crispim Sampaio, ?, ? , Gutemberg Torquato e Torquato Neto.

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 167

(clique na imagem para ampliar)

Evento: Colação de grau
Local: Colégio Nossa Senhora de Lourdes
Cajazeiras - PB
Data:
Identificação das pessoas: Monsenhor Abdon, Cirilo Sampaio e Nazaré Crispim Sampaio

Foto 168

(clique na imagem para ampliar)

Evento: Colação de Grau
(mesmo evento: fotos 168, 169, 170, 171, 172, 187, 189, 190)
Local: Colégio XI de Agosto
Data:
Identificação das pessoas:
Francisca Carvalho, ?

Foto 169


(clique na imagem para ampliar)

Evento: Colação de Grau
Local: Colégio XI de Agosto
Data:
Identificação das pessoas
: José Gonçalves Diniz e Maria Gonçalves Diniz

Foto 170

(clique na imagem para ampliar)

Evento: Colação de grau
Local: Colégio XI de Agosto
Data:
Identificação das pessoas:
Elizeth Santana, ?
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 171

(clique na imagem para ampliar)

Evento: Colação de grau
Local:
Data:
Identificação das pessoas: Avani Oliveira, ?

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br
,

Foto 172

(clique na imagem para ampliar)

Evento: Colação de grau
Local:
Data:
Identificação das pessoas: Sonia Sampaio e Nildo Fernandes.
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 173

(clique na imagem para ampliar)
Evento:
Local:
Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas: Salete Olímpio, Dolores Pires, José Fernandes, Francisca Carvalho, Antonio Carvalho, ?
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 174

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local: Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas: Airton Farias, ?, Amaro Farias, ?, Telma Diniz.

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 175

(clique na imagem para ampliar

Evento:
Local:
Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas:
(sei quem é mas não lembro o nome), Genaro Coelho, Avani Oliveira, Antonio Oliveira
Atrás: José Gonçalves de Lima e Blandina Henrique
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br)
,

Foto 176

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local:
Data:

Identificação: Josecy Almeida

Foto 177

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local:
Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas
: Paulo Diniz, Airton Osório, Telma Diniz, Dino Diniz

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 178

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local:
Data:
Identificação das pessoas:
Ademar Barbosa, Luizinha Pereira de Albuquerquer e Maria Líbia Nóbrega (?)

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 179

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local: Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas: Francisco Osório (Chico de Menininha)

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 180

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local: Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas:
Chagas Sarmento, Ademar Barbosa, Rosineide Brasileiro, Maria
Gonçalves e e Dino Diniz

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações
luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 182

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local
: Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas:
Salete Olímpio, Socorro Olimpio, Mundinha Pontes, Zacarias Pontes, Airton Farias, Delicia e Nogueira Gouveia.

Foto 182


Evento: Colação de Grau
(mesmo evento nas fotos
Local: Colegio XI de Agosto
Data:
Identificação das pessoas:

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 183

(clique na imagem para ampliar)


Evento:
Local:
Data:
Identificação
: José Holanda

Foto 184

(clique na imagem para ampliar)

Evento: Inauguração do Grupo Escolar do distrito de Felizardo
Local:
Data:
Identificação das pessoas: Januário Feitosa, Marta Bigi, Cícero Victor e Chico Felizardo
Obrigada, Luiz Antonio, pela identificação correta de Marta e do evento.

Foto 185

(clique na imagem para ampliar)

Evento:
Local:
Data:
Identificação das pessoas: Adalva, Felizardo, Socorro Vieira, Telma Diniz, Ademar Barbosa, Mundinha Vieira (?), Chico Felizardo, Delicia.
Sentados: Nogueira Gouveia, José Holanda.

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

luiza_ipaumirim@yahoo.com.br

Foto 186

clique na imagem para ampliar

Evento:
Local: Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas: Ademar Barbosa e Argemiro Felizardo Vieira, ? ?
Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

Foto 187

clique na imagem para ampliar

Evento:
Local:
Data:
Identificação das pessoas: Nildo Fernandes, Ademar Barbosa e Jarismar Gonçalves
Crianças: Cícero Gonaçalves (?) e José Wellington Souza.

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações

Foto 188

clique na imagem para ampliar

Evento:
Local: Clube Recreativo de Ipaumirim
Data:
Identificação das pessoas: Ademar Barbosa, Jarismar Gonçalves, José Henrique Silva, José Holanda, ?

Você identifica alguém? Pode enviar
o nome para o nosso e-mail
para complementar as informações